Enquanto algumas pessoas desabam diante das circunstâncias difíceis, outras transformam esses desafios em fonte de inspiração e aprendizado, capazes de mudar a vida de outras que passam por dificuldades semelhantes. Este é o caso de um homem chamado Armando Salazar, que mesmo desenganado pelos médicos, preferiu confiar em Deus.

Armando Salazar passou por uma série de dificuldades em sua vida. Por causa de uma doença, ele precisou amputar partes da suas pernas. Alguns anos atrás, ele também sofreu um ataque cardíaco que terminou afetando de maneira determinante o seu coração, algo que, segundo os médicos o deixaria com os dias de vida contados.

“Eles me disseram: ‘Sr. Salazar, você não tem chance de viver. Você precisa de um transplante de coração’, lembra Salazar. No entanto, os anos se passaram e só em março desse ano (2019) Salazar teve, de fato, um outro ataque cardíaco, seguido de parada cardíaca.

Salazar estava cozinhando no mento do ataque. Ele foi socorrido pelos médicos e levado com urgência para o hospital, porém, em coma. Os médicos disseram que Salazar poderia morrer dentro de 24 horas, devido ao seu estado de saúde muito grave.

No entanto, após ficar mais de uma semana em coma, Salazar acordou sem apresentar qualquer sequela, contrariando a expectativa dos médicos. “Eles estavam dizendo: ‘Ele vai ficar em estado vegetativo”, disse Gracie. “E eu disse: ‘Não; ele vai ficar bem. Ele está nas mãos de Deus’”.

Realmente, após três meses da sua parada cardíaca quase fatal, Salazar está totalmente recuperado do coma e mais disposto. Diferente de antes, agora Salazar planeja se fortalecer para caminhar com a ajuda de próteses e vivenciar os bons momentos com a sua esposa e filho.

“Eu pedi a Deus para me enviar alguém que fosse me amar do jeito que estava, porque me sentia deformado”, disse Salazar, referindo-se à esposa. “E Deus a trouxe para a minha vida, o que me deu muita esperança”.

O que antes foi motivo de incerteza, agora é motivo de alegria e testemunho: “Quero que as pessoas saibam: não importa o que a vida traga, você precisa entender que Deus nos ama”, conclui Salazar de acordo com informações do Victoria Advocate.