quarta-feira , 27 janeiro 2021
Capa / /
27/01/2021
NOTA DE ESCLARECIMENTO
DESMENTIR
Por: ASSESSORIA

Colunista de Jornal promove desinformação

sobre Comissões da Câmara e Sabatinas

 

 

 

Vereador Domingos, Presidente da Câmara - web

Vereador Domingos, Presidente da Câmara – web

O Presidente da Câmara Municipal de Cáceres, vereador Domingos Oliveira dos Santos, vem a público desmentir informações enganosas publicadas por jornalista local em sua coluna online. Segundo Fonte fidedigna, trata-se do Jornalista Chuenlay Gonzaga, confrade site Jornal Oeste.

A coluna aborda a constituição das Comissões Parlamentares da Câmara, que supostamente já deveriam ter sido criadas para permitir a realização de duas sabatinas com servidoras nomeadas para dirigir as autarquias PreviCáceres e Águas do Pantanal.

É importante falar com conhecimento e propriedade, visto que não é preciso autorização das Comissões para realizar estas sabatinas. Trata-se de decisão plenária – que, a propósito, deve primeiro ser solicitada pelo Executivo, o qual encaminhou o pedido apenas na última quarta-feira (6). Menos de 48 horas depois, as sabatinas já têm horário e data: nesta segunda-feira (11), a partir das 09 horas.

Ademais, as Comissões Parlamentares ainda não foram constituídas devido ao fato de alguns vereadores terem sido acometidos pelo Covid-19 e estarem em isolamento social. Também deve-se frisar que o regimento interno da Câmara delimita o prazo legal para composição das Comissões como sendo de 05 dias antes da primeira Sessão Ordinária. Estamos, portanto, dentro do prazo, visto que o recesso parlamentar se encerra apenas no dia 1º de fevereiro.

O bom senso determina, assim, que permitamos a plena recuperação de todos os vereadores e concentremos nossos esforços em outras tarefas essenciais à atividade legislativa municipal e de interesse do povo cacerense. Os novos eleitos estão, por exemplo, estabelecendo contato com os outros agentes públicos municipais e estaduais visando conter o avanço da pandemia em Cáceres.

Concluímos, desta forma, que não há “gravidade, do ponto de vista legal”, na forma como os trabalhos estão sendo conduzidos neste início de mandato legislativo, e que o colunista em questão deve informar-se melhor antes de desinformar a população.

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Publicidade