segunda-feira , 18 dezembro 2017
Capa / /
18/12/2017
Pacotes com cédulas de dólares
Evasão de divisas...
Por: PJC/MT

Casal é preso com US$ 339 mil

na fronteira entre Mato Grosso e Bolívia

 

apreensao_gefroN
Homem confessou que valor em moeda estrangeira não foi declarado à Receita Federal. (Foto: Assessoria/Gefron)

 

Prisão foi em estrada rural na região de Vila Bela da Santíssima Trindade. Homem de 38 anos e mulher de 31 devem responder por evasão de divisas.

Policiais do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) apreenderam no último sábado (13), na região de fronteira de Mato Grosso com a Bolívia, US$ 339 mil em espécie que estavam escondidos em uma caminhonete em poder de um casal, que foi preso e deverá responder por crime de evasão de divisas.

Segundo o Gefron, a apreensão e a prisão do casal aconteceram em uma estrada rural na área deVila Bela da Santíssima Trindade. Localizado a 562 km a oeste de Cuiabá, o município é um dos que compartilham a faixa de fronteira do estado com o país vizinho.

Militares do Gefron estavam em patrulha na área rural do município quando avistaram uma caminhonete trafegando. Na abordagem, os policiais resolveram fazer uma revista no veículo e encontraram inicilamente quatro pacotes com cédulas de dólares no interior do painel.

Depois, os policiais estenderam a revista à carroceria, onde encontraram um pneu de estepe. Eles perceberam que o pneu havia sido desmontado. Aberto, o pneu revelou vários outros pacotes com notas de dólar. O total apreendido é de US$ 339 mil.

Mapa Vila Bela da Santíssima Trindade, MT

O homem de 38 anos que estava na caminhonete contou aos policiais que não declarou o valor em moeda estrangeira à Receita Federal e disse que estava se dirigindo a uma propriedade rural, onde reside.

Os policiais foram até o sítio mencionado pelo homem e encontraram lá uma arma de fogo e 46 munições. Também foram encontradas duas folhas de cheque – uma de R$ 10 mil e outra de R$ 58.320,00, ambas pertencentes ao suspeito. Ele, entretanto, não revelou para que usaria o dinheiro e a origem dos valores.

O Gefron encaminhou os dois presos e o material apreendido ao departamento da Polícia Federal (PF) em Cáceres (cidade a 220 km da capital).

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Publicidade