segunda-feira , 22 janeiro 2018
Capa / /
22/01/2018
SECRETÁRIO ROGER

INDIGNAÇÃO

Nota de Repúdio dos

Servidores, sobre

as declarações do

Secretário de Saúde

 REPUDIO
Servidores da Saúde

É com muita tristeza e indignação que REPUDIAMOS com veemência as declarações prestadas pelo Secretário de Saúde pelas razões pontualmente descritas abaixo:

 

 

·       A saúde não está tão bem conforme o Srº está declarando, o que está acontecendo é uma “maquiagem” muito superficial em cima de resultados poucos importantes e nada definitivos, sendo que, a maioria deles conseguido à duras penas pelos servidores comprometidos com o município e sobretudo com a população cacerense e nada a respeitados pelo Nobre Secretário, sacrificando folgas, finais de semana, lazer e família em prol de uma causa cujo o “líder” quer usurpar os méritos, e o pior, sozinho e denegrindo a imagem dos servidores municipais.

·       As coisas erradas (por questão de Ética e Justiça, nem todas em razão do secretário, mas sim por questões normais inerentes a administração pública mesmo, como burocracia, licitações, orçamento, enfim, coisas que acontecem em todas as pastas), que acontecem na atual gestão da saúde, sobretudo com o Secretário Roger, os servidores são “proibidos” de mencionar, podendo sofrer graves retaliações e inclusive, para os cargos comissionados e confiança, serem surpreendidos até com a perda do cargo, neste caso abrindo um parêntese no caso da Coordenadora Elaine Zóccoli, Especialista em Gestão da Saúde Pública que abdicou de suas funções em Cuiabá-MT, medida esta também tomada pelo seu cônjuge, para aceitar o convite do então Secretário Wilson Massahiro Kishi em dar novos rumos à saúde municipal, mudando toda sua vida para adequar e ajudar num novo projeto a qual foi convidada a participar, pessoa querida e que mobilizava toda a sua equipe em prol da saúde dos munícipes, simplesmente, mesmo com a sua competência reconhecida pelo gestor da pasta da saúde, foi convidada a se retirar de sua equipe, sob a alegação de que não atendia em horários fora das atividades normais de trabalho.

·       Não mede esforços em ser antipático, agindo sempre sob a batuta da arrogância e da prepotência respaldado pelo seu cargo, haja vista a primeira reunião com os enfermeiros e os médicos, na qual deixou claro que “problemas pequenos das unidades de saúde não interessava, ele queria era a solução” e que “se enfermeiro não quiser ajudar tudo bem, pois não precisa da ajuda de enfermeiro”.

·       Enfim, para que não paire mais dúvidas sobre a questão de quem está certo ou errado, convidamos quaisquer equipes de reportagens visitarem os postos de atendimento dos Bairros Guanabara, Paraíso, Vila Irene, Vista Alegre, entre outros para ver o verdadeiro caos instalado. Convidamos vocês também ao Setor de Vigilância em Saúde, onde os servidores tem que fazer rifas e cotas para manter o mínimo funcionamento com luz, geladeiras, ar condicionado, não para uso próprio dos servidores, mas para não perderem vacinas e medicamentos que precisam destes itens para não perder eficácia. Convido vocês a perguntarem ao gestor da pasta o motivo pelo qual há algumas semanas atrás, a farmácia do CEO ficou sem atendimento por alguns dias, simplesmente por não ter ar condicionado para manter o mínimo de condição de trabalho aos servidores, bem como, por questões de manutenção de eficácia de medicamentos essenciais à população em geral.

·       Por fim senhor Roger Alexandre Rodrigues Pereira, liderança é uma dádiva inerente a poucos, líder não amedronta, conquista, líder não impõe, se faz acreditar, e respeito não se exige, se conquista. Talvez pela inexperiência na administração pública e até mesmo pela inexperiência na administração de qualquer tipo de situação seja ela em sua vida pública e privada, o nobre gestor vem “metendo os pés pelas mãos”, não percebendo que, sobretudo no trato com a coisa pública, se não for em consonância com as equipes, com a confiança e sobre todas essas, se não for com “RESPEITO” ao próximo e a nós servidores, a coisa não anda e a população padece.

·       E só para constar, onde está o Observatório Social que, por coincidência, logo após o Nobre Gestor e casualmente filho de um de seus idealizadores assumir a pasta da Saúde, deixou de pedir seus esclarecimentos, relatórios e explicações quinzenais, semanais e até diárias. Sendo que é pela competência, moral e honestidade inabaláveis do gestor e que enquanto ele estiver no comando da pasta, por lá tudo estará a contento. OU A POPULAÇÃO TERÁ QUE CRIAR UM OBSERVATÓRIO???

·       Nós, servidores municipais honestos, íntegros, trabalhadores, responsáveis pelos nossos atos estaremos sempre a postos para o trabalho e o diálogo, mas jamais nos calaremos por quaisquer que forem os motivos e estaremos sempre em favor do município e, principalmente, em favor da população cacerense.

·       FICA AQUI O NOSSO QUESTIONAMENTO: SERÁ QUE SÃO OS SERVIDORES “GRUPINHOS” QUE NÃO QUEREM QUE A SAÚDE DO MUNICÍPIO MELHORE?


Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Publicidade