Associação aplica mais de R$ 1 milhão em melhorias do Bairro Jardim União, em Cáceres/MT

0
273

Ao longo de dois mandatos à frente da Associação de Moradores do Bairro Jardim União, o Presidente Marcelo Renato, junto à sua Diretoria – tem aplicado o recurso financeiro adquirido – de maneira invejável.

Cena como essa é coisa do passado! Ou seja: na Gestão de Marcelo isso não existe mais… Em parceria com a Prefeitura tudo se fez novo – Foto – Arquivo

Por Celso Antunes DRT 2074/MT

Tão logo assumiu a Administração da Comunidade, Marcelo arregaçou as mangas e distribuiu Ofícios para todo que é lado. O Presidente, de início, explicou aos Moradores que o “negócio” não era para ser conduzido de modo “faz de contas”.

O Administrador Comunitário conseguiu convencer – aos moradores – que era preciso mudar totalmente o quadro vivenciado. Assim, a sua Diretoria, moradores de modo geral avalizaram e, unidos, saíram a campo em busca de recursos, de ajuda, de parcerias profícuas. Tudo e todos no intuito de transformar o Bairro.

Secretariado reunido, aliás, Diretoria pensando o caminho a percorrer: “como vamos executar o próximo Projeto?” – Arquivo

“Não mais podíamos viver daquele jeito. Quando chovia, a lama e o barro e o buraco prevaleciam. Sem acrescentar a escuridão, a falta de iluminação. Imagine andar no escuro e na lama, no buraco. Daí, a reclamação era geral”, conta.

O Presidente lembra que o Bairro Jardim União, era muito feio, indecente que até doía. Era mato por todo lado, ruas esburacadas, sujas, lama, enfim, “a Comunidade carecia de mudanças, de fortes transformações”.

Tipo das ruas antes da Gestão Marcelo Renato – Arquivo

Então, o primeiro passo era conscientizar aos Moradores de que se não houvesse completude, vivência para o próprio nome do Bairro, “não conseguiríamos”, destacou.

Disse em palestra que a unicidade, a união verdadeira fosse a premência da Gestão. Na verdade, “consegui abrir o olhos dos moradores, e graças a Deus eles entenderam, isto é, eles não tinham a visão que eu enxergava. Não quero desmerecer ninguém, entende? Mas se não fosse assim, não caminharíamos o tanto que conquistamos”, provocou.

O Campo de Futebol, uma lástima – Arquivo

Na verdade, a visão do Presidente Renato era, é de futuro, de beleza. E de maneira inteligente despertou o olhar de seus co-patriotas.

DINHEIRO” NA CONTA

Indagado de como consegue os Recursos, o Administrator Comunitário explica que é por meio de encaminhamento de Ofícios para as devidas Autoridades. Assim é apresentado a real necessidade do Bairro. “Isso com anuência da Diretoria. Não tomamos atitudes isoladas. Ou melhor, projetamos todo trabalho a ser executado. Digo, que todos os Projetos pensados, graças a Deus, conseguimos fazer, e, claro com ajuda de parceiros”, explicou.

O novo – Arquivo

Marcelo continua que, “temos as nossas ações pré-definidas, antes pensadas, o caminho a seguir, enfim, por exemplo, evento esportivo que é realizado em data específica, anualmente. E, ganhamos tudo: premiação, enfim: tudo, e transformamos em renda. O lucro é rigorosamente administrado, anotado na ponta do lápis, nada, absolutamente, nada é desviado”, ensina.

O Gestor do Bairro Jardim União esclarece que não se trata de dinheiro vivo, em espécie. “O que temos são parcerias, desde Particular, como Legislativo e Executivo. “A nossa Tesoureira Rosimeire, Alves de Souza, contabilizou as ações recebidas, já executadas e que serão executadas chegaram à quantia de R$ 1 milhão investidos na melhoria do Bairro, nesses dois mandatos. Voltamos a dizer que isso é por meio de parcerias e promoções, eventos como um todo”, disse

Verdadeira transformação – Arquivo

ENTREVISTA

Qual é o nome da sua Tesoureira? Resposta – A nossa Tesoureira é a Rosimeire Alves de Souza.

Esse dinheiro arrecadado é por meio de eventos? Parcerias com quem? Doações de quem? Quais são as fontes que ajudam a Associação financeiramente falando? Resposta – Por meio de evento esportivo, traça um objeto que beneficia a comunidade no geral, desafio lançado, vamos à luta; faz-se um torneio por ano, busca parceria do comércio para premiação, do município com manutenção básica de limpeza, cada um ajuda dentro das suas possibilidades. Para complementar, a Associação faz Rifa junto com a comunidade, que corresponde e também sempre ajuda na mão de obra, colocando a mão na massa, através de mutirão. Graças a Deus tem acontecido os projetos.

A Associação tem projeto de asfalto? Resposta – Tem um encaminhamento feito, junto ao município, porém, ainda não elaborou o projeto, fez um orçamento de todo o bairro, onde serão nescessários uma ordem de mais de 6 milhões para execução do asfalto: já encaminhado aos nossos representantes na esfera Estadual e Federal, mas, alegam que sem o projeto não tem como trazer recursos, com isso, estamos cobrando frequentemente do município para que elabore o projeto e podermos avançar nessa questão.

Está buscando parceria com quem? Ou está esperando somente da Prefeitura? – Resposta – Quem tem que fazer o projeto é o município de Cáceres, resposta da Assembleia legislativa e do representante da esfera federal, só com o projeto pronto tem como alocar recursos, sem projeto fica só no campo do discurso.

Você falou que tem dois mandatos! Quando você começou? Resposta – Foi no final de 2017, cada mandato tem duração de 3 anos, previsto no Estatuto Social.

A Comunidade apoia em tudo? Vocês comunicam as ações que vão realizar? Anuncia? Pergunta, enfim, conversa com os moradores sobre o que se pretende fazer? Resposta – Sim, as ações a serem realizadas em prol do bem estar da comunidade, são traçadas em reunião com a diretoria e levada a comunidade, socializando com todos e na oportunidade já buscando a parceria, além do diálogo ainda adotamos uma comunicação direta através do whatsapp e para ficar bem transparente o trabalho da Associação de Moradores, vamos além, fazemos questão de divulgar nos veículos da imprensa do município o nosso objetivo e depois prestamos conta da nossa luta com os projetos concluídos.

Você é Suplente de Vereador, vai assumir, sendo assim, o que tem preparado para quando lá estiver pedir, indicar? Resposta – O nosso propósito é fazer as indicações que atendam à sociedade, no coletivo, buscando fazer políticas públicas para garantir o direito da população, já previsto na Constituição, seja na área da saúde, educação, infraestrutura, etc…

ÁUDIO CONCLUSIVO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui