VEREADORA MAZÉH SILVA APRESENTA NA CÂMARA MUNICIPAL INDICAÇÃO PARA CAMPANHA DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA SOBRE O COVID19 NO MUNICÍPIO

0
16

 

 

 

IMG_0842

 

 

 

[dropcap]A[/dropcap] Vereadora Mazéh Silva do PT (foto) apresentou em sessão ordinária na Câmara Municipal a indicação de medidas que visam o combate ao Coronavirus no município de Cáceres. CAMPANHA DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA NO COMBATE AO COVID19 EM CÁCERES, devendo ser utilizada amplamente como forma de sensibilização e informação  à população sobre a situação do coronavírus no município de Cáceres, bem como ações educativas evidenciando os protocolos de combate orientados pela OMS. A comunicação com a população, especialmente aquela residente em áreas vulneráveis socioeconomicamente, se apresenta como uma ação que coordenada com outras medidas, tem por objetivo informar e conscientizar a população sobre a pandemia do Covid19.

Um dos principais pontos da construção da comunicação comunitária é o fato de o receptor ser alguém que, às vezes, se confunde com o próprio emissor. Nesse sentido, a vivência daquela realidade faz com que este trabalho lide com questões específicas que não costumam ser tratadas nas mídias comerciais. Ou seja, não basta uma mensagem seca e imperativa para que as coisas aconteçam, é preciso lidar com o cotidiano da população.

Nesse cenário de emergência, as desigualdades tão marcantes de nossa sociedade têm se ficado ainda mais evidentes. Entretanto, a resistência e a luta por direitos que marcam nosso cotidiano também se mostram ainda mais necessárias. E se os negócios e os lucros não podem estar acima da vida, a saúde privada e a comunicação comercial também não podem estar acima dos diretos. Assim como o a saúde pública é fundamental para garantir vidas, a comunicação popular e comunitária também podem fazer a diferença não só no território ou comunidade em que atuam, mas para toda a sociedade. (https://www.abrasco.org.br/site/noticias/comunicacao-popular-e-comunitaria-em-tempos-de-covid-19-o-direito-de-se-comunicar-e-o-direito-a-saude/47000/)

Para isso devem ser utilizados diversos veículos de comunicação como rádio, TV, redes sociais, comunicação móvel (carro de som) e equipes de saúde devidamente treinadas para fazer este trabalho em áreas mais remotas e vulneráveis, utilizando também de materiais informativos impressos.

Os dados relativos aos casos de Covid19 no município de Cáceres, fonte SES-MT em 05/04/2021, continuam alarmantes com 6.880 casos confirmados, com 383 pessoas em isolamento domiciliar, 41 internados e 232 óbitos. Soma-se a isto o colapso na saúde onde faltam medicamentos, faltam leitos de enfermaria e UTI, obtendo assim classificação de risco – decreto 852 – muito alto. A parlamentar ainda destaca “Justamento por não termos UTI e leitos disponíveis e estarmos perdendo vidas valiosas todos os dias, que a necessidade de ações que sejam efetivas, constantes e integradas de combate a pandemia de coronavírus se fazem necessárias em nosso município”.

 

 

.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui