Mazéh Silva solicita que Autarquia Águas do Pantanal atenda às reivindicações de trabalhadores da Reciclagem

0
122

Aurino Castro quer ampliação da Coleta de Resíduos em mais Bairros

Aurino Castro, presidente da Associação Cidade Limpa, Diretor Júlio Parreira, Vereadora Mazéh e Maria Josane da Associação Cristo Vive – Assessoria

ASSESSORIA

Em reunião realizada com a Diretoria da Autarquia Águas do Pantanal, a Vereadora Mazéh Silva, do Partido dos Trabalhadores, levou ao Diretor Júlio Parreira a pauta dos Catadores e Catadoras de Recicláveis de Cáceres. Na ocasião representados por Aurino Castro, presidente da Associação Cidade Limpa e Maria Josane da Associação Cristo Vive.

Em conversa com o Diretor Júlio Parreira e equipe da Autarquia Águas do Pantanal, o representante dos catadores e catadoras, Aurino Castro, cobrou alimentação oriunda da cozinha comunitária, cursos profissionalizantes, atendimento em saúde, testagem em massa, e ampliação da coleta de resíduos em mais bairros para o fim de incluir a Associação Cidade Limpa e outros catadores.

Aurino, juntamente com a vereadora Mazéh Silva (PT), sugeriu ao Diretor Julio Parreira ações de inclusão desses trabalhadores junto ao Ministério Público Estadual, podendo ser através de Termo de Ajuste de Conduta (TAC) ou através de Termo de Contratação Emergencial, a ser realizado com urgência visto a situação de vulnerabilidade social e econômica que esses trabalhadores se encontram.

Por sua vez o Diretor da Autarquia se comprometeu a resolver a situação e atender às demandas dos catadores levadas a ele e sua equipe por Aurino e Mazéh. Inclusive se propôs a articular com o Poder Público Municipal, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação e Ministério Público Estadual.

A situação dos Catadores de recicláveis em Cáceres é penosa, pois a falta de Políticas Públicas direcionado a este grupo de trabalhadores, tanto municipal quanto estadual e federal, faz com que fiquem cada vez mais à margem do sistema dificultando o acesso a moradia, a alimentação, a educação, saúde e até mesmo prejudicando o desenvolvimento de sua plena cidadania. “O mandato da vereadora Prof Mazéh Silva (PT) sempre esteve à disposição para ser porta-voz desses trabalhadores e trabalhadoras de Cáceres, que são excluídos e invisibilizados pelo Poder Público. Um grupo tão vulnerabilizado, mas que presta um grande trabalho à sociedade e ao meio ambiente, ao retirar dele materiais descartados, fazendo a coleta e posterior reciclagem, transformando lixo em renda. É dever do Estado garantir melhores condições a esses trabalhadores e trabalhadoras, nós por aqui seguiremos cobrando” argumenta a Parlamentar Mazéh Silva.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui