OUSADIA

0
59

SOSU faz trabalhos

de preservação na

Figueira da rua D. Aquino?

montagem celso antunes

FIGUEIRA

ASSESSORIA

A Figueira localizada no meio da rua Dom Aquino, no centro, tombada como patrimônio histórico do município, recebeu ontem, 16, os cuidados da Prefeitura, através da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos. O funcionário municipal João Mário Ribeiro, que por muito tempo foi servidor do setor de áreas verdes, por orientação do secretário Valter Zakarkin, coordenou um trabalho de limpeza no tronco e raízes expostas, poda da árvore, limpeza de entorno e pintura de meio fio que protege a árvore.

A iniciativa de tombamento partiu do vereador Cabo Pinheiro (projeto de Lei 14, de 7 de agosto deste ano, aprovado na sessão do último dia 8).

Ao defender sua proposta, o vereador afirmou tomou a iniciativa porque a árvore sempre foi respeitada, inclusive pela própria prefeitura que ao sentir a necessidade de abrir uma rua no local, optou em contorná-la.
‘Conheço esta árvore desde criança e sei que ela tem uma grande representação, por isso fiz a indicação’, argumentou.

Há pelo menos duas versões sobre à historia da árvore. Uma diz que ela é centenária, porém a mais aceitável é da dona de casa Marcida da Silva Neves, uma antiga moradora do local que sustenta que a Figueira foi plantada por ela na década de sessenta.

Dona Marcida, que morreu em outubro de 2011, contava que em 1986, o ex-prefeito Antônio Fontes a procurou dizendo que teria que fazer uma rua que passaria em seu quintal. Ela disse que aceitou os argumentos do prefeito, porém pediu que a árvore fosse poupada.

São comuns atos de preservação à figueira. No Dia do Meio Ambiente, estudantes costumam realizar o “Abraço a Figueira” e fazer trabalhos escolares a respeito da árvore que, com o tombamento, está definitivamente protegida.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui