POLÍCIA MILITAR

0
36

PROTEÇÃO

Coordenadores do

Festival de Pesca

preparam Segurança

A preocupação também é Segurança Foto Assessoria
A preocupação também é Segurança
Foto Assessoria

Esdras Crepaldi

Os coordenadores do 34° FIPe se reuniram com o Subcomandante do 6° Batalhão de Polícia Militar de Cáceres, Major Mauriti de Campos Lima. O objetivo do encontro foi o de traçar estratégias da atuação da PM nos espaços que acontecem as atividades do maior evento turístico de Mato Grosso. 

Segundo o Major, a Polícia Militar está se programando para atuar preventivamente durante o evento para que nada aconteça para prejudicar a organização do evento e também garantir a integridade física dos participantes. “  Nossa intenção é a prevenção, porém  poderemos também, se necessário, agir repressivamente”, salienta Mauriti.

Ele ainda informa à comissão organizadora, que  todo efetivo do 6° BPM estará  à disposição para atender o evento  de grande fluxo e concentração de pessoas.  Além disso, o Subcomandante  comunica que, 40 policiais militares serão deslocados de Cuiabá para reforçar o policiamento do FIPe.  “  Estamos recebendo um contingente da capital.  A Força Tática, com rondas ostensivas,  vai garantir o patrulhamento Motorizado no Festival. Outra novidade é que estamos nos empenhando também para trazer  militares do Regimento de Cavalaria da Polícia militar para abrilhantar o FIPe”, confidencia Mauriti.

O Secretário de Turismo Júlio Parreira, anunciou durante a reunião, que a SICMATUR, também vai contratar 40 seguranças para trabalhar durante o Festival. “ Estamos atentos  para evitar quaisquer transtornos. Nossos seguranças utilizarão detectores de metais e  controlarão a não entrada e comercialização de bebidas em garrafas de vidro nos locais dos shows artísticos”, revela.

Parreira ainda  cita, que encaminhou expediente  ao Secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque, requerendo a disponibilidade da Plataforma de Observação Elevada – POE, utilizada na última copa do mundo, com a finalidade de vídeomonitorar  toda  área de extensão do FIPe. “ A POE pode  possibilitar respostas rápidas as demandas do FIPe, de forma integrada , eficiente e ágil “, observa Júlio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui