TRÁFICO

0
1

MOTORISTAS DA PREFEITURA

DE CÁCERES SÃO FLAGRADOS

TRANSPORTANDO DROGAS

EM ÔNIBUS ESCOLAR

FOTO: RIPA NOS MALANDROSMOTORISTAS DROGAS

RIPA NOS MALANDROS

O GEFRON (grupamento especial de fronteira) estava realizando patrulhamento volante na BR 070, que liga a San Mathias e avistou um veículo saveiro, de cor branca, placa de Várzea Grande, com 02 ocupantes, de nomes Jéferson dos Santos e Edio Carlos, diante da atitude suspeita os policiais abordaram o veículo e realizaram a revista pessoal nos condutores Varzeagrandenses, como não encontraram nada, resolveram levar o veículo até o canil integrado de fronteira para uma revista veicular minuciosa.

Como também não foi encontrado nada no saveiro, os policiais liberaram o veículo e os ocupantes, porém como eles estavam em atitude suspeita, e sendo de outra cidade, o serviço de inteligência do GEFRON começou a monitorá-los.

Nesse ínterim o saveiro foi até a saída da cidade, perto da churrascaria pantanal e alguns minutos curiosamente encostou um ônibus escolar da prefeitura de Cáceres, conhecidos como ‘Amarelinhos’, com 02 pessoas, sendo o motorista Antonio Soares e  e o auxiliar Marcelo de Assunção, que após uma conversa com os ocupantes do saveiro, um deles, o Jéferson, embarcou no ônibus e seguiram sentido Bolívia, sendo que o motorista Edio Carlos, condutor do saveiro ficou na cidade, mas perceberam que estavam sendo monitorados pela inteligência do GEFRON.

Quase chegando na comunidade do Limão, o suspeito Jéferson, que estava no saveiro que embarcou no ônibus na churrascaria (saída pra Cuiabá), pulou do veículo e entrou no mato, alguns metros adiante o ônibus manobrou no meio da pista e retornou pegando o suspeito Jéferson, já com uma mochila e embarcou no ônibus novamente, isso tudo sendo observado pelo setor de inteligência.

Em alguns quilômetros após o embarque do suspeito o GEFRON realizou a abordagem no ônibus e se depararam com os ocupantes muito nervosos e ao fundo do veículo encontraram a mochila com 03 tijolos de pasta base de cocaína.

Diante disso foram encaminhados para o canil integrado de fronteira para que sejam tomadas as providências cabíveis que o caso requer.

Segundo os policiais do grupamento especial de fronteira, o que chamou atenção nem foi tanto a apreensão da droga, afinal o GEFRON vem realizando sempre ações como essa, mas sim a audácia dos suspeitos em usar um veículo de transporte escolar do município para essa prática criminosa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui