NÃO SE AFASTE DE SEUS SONHOS

0
82

Olga Borges

No meio de toda turbulência da vida cotidiana o universo está encantado com você; diante de tudo que o amor incondicional pode proporcionar, ame porque você escolheu acolher esse belo sentimento dentro de você. Viva sua vida com propósito, com liberdades pessoais. Faça escolhas simples que nutrem de alegrias a sua alma, cultive boas relações com os ente queridos.
Faça escolhas com base em ficar perto de suas paixões. O propósito, a vocação e a paixão expande tudo em seu mundo, transporta você para a zona de atração, de fluxo e sincronicidade com o universo. Você não pode livrar-se de todas as coisas negativas do mundo, mas você pode concentrar sua atenção nas coisas que fazem você sentir-se bem.
Eu aprendi que devo me esforçar mais, depositar toda dedicação nas minhas lutas para que meus sonhos não caiam no lado entorpecido vida. Estou agindo para que o próximo ano seja um ano de transformação, um tempo de olhar para as coisas improváveis e perceber que elas estão ficando ao alcance das mãos.

Eu aprendi a abraçar todos os aspectos de minha personalidade, minhas dualidades, minhas convicções, incertezas e contradições. Foi o melhor caminho que encontrei para conquistar o balanceamento entre as verdades, as transformações e as rupturas necessárias quando se quer estabelecer-se numa vida mais leve, sem tendência a culpas, sem frustrações e sem o esvaziamento que causam os relacionamentos superficiais.
Eu aprendi que o cuidado não pode transformar -se em preocupação, ansiedade e estresse, porque isso drena a energia, esgota o vigor físico e psíquico. Embora eu tenha preocupações genuínas com a família e amigos, não quero ser identificada como super protetora, instigadora. Só tenho que ser compreensiva, pois a preocupação excessiva nunca traz soluções equilibradas para os problemas.
O equilíbrio ? importante em todas as áreas da vida. E os sonhos estão lá, entre a razão e a adversidade. Não os perca de vista, não os deixe se distanciarem. O sonho alimenta-se da espera e embora em nosso tempo, tenhamos gradualmente abolido a palavra “espera”, ela mantém-se necessária entre o caminho e o sonho. Não há nada de errado em esperar…se no final a felicidade estará lá.
Não e preciso anular o passado para se olhar para frente, para renascer e viver um eu diferente. ? completamente aceitável, embora tremendamente difícil, impor a si mesmo novos valores morais, mudar de rumo, aceitar o que antes parecia não caber na estreita realidade que se vivia.
E apesar de tudo, de todos os dogmas, da teimosia, do egoísmo, da ignorância e ódio, a estrela da humanidade tem brilhado e pode brilhar ainda mais com o engajamento em causas sociais pela liberdade e pelo fim da extrema pobreza. As mudanças são lentas, mas podem acontecer. E a razão da minha esperança ? baseada no que diz a antropóloga Margaret Mead: ” Nunca duvide que um pequeno grupo de cidadãos preocupados e comprometidos possam mudar o mundo”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui