spot_imgspot_img

‘Base tem que ser firme, não gelatinosa’

Taques nega decepção com a base na Assembleia
Taques nega decepção com a base na Assembleia

Durante a votação da RGA proposta pelo Governo,

nove deputados se colocaram contra, balançando

a base de sustentação de Taques na ALMT

 

O governador Pedro Taques (PSDB) tenta contornar desgastes com a base de sustentação na Assembleia Legislativa.  Apesar de a votação da Revisão Geral Anual (RGA) mostrar que nove parlamentares votaram contra o governo, ele reafirmou, nesta segunda-feira (04), que conta com o apoio de 21 dos 24 deputados.

Taques negou decepção ou surpresa com a votação na Assembleia. Foi a primeira vez que o governador comentou sobre o assunto. A votação ocorreu na quarta-feira (29), durante sessão tumultuada no Legislativo.

Até a votação da RGA, a gestão Taques enfrentava críticas constantes dos deputados Zeca Viana (PDT), Emanuel Pinheiro e Janaína Riva, estes dois do PMDB.

[box type=”warning” align=”aligncenter” ]“Já passei da fase de decepção”, emendou o governador sobre o resultado da votação, a qual obteve nove votos contra.[/box]

 

“Temos que ter uma uma base e esta não pode ser gelatinosa, tem que ser firme”, disse Taques, que em seguida defendeu seu grupo. “Já passei da fase de decepção”, emendou o governador sobre o resultado da votação, a qual obteve nove votos contra.

Segundo ele, o resultado também não lhe causou surpresa. “Surpresa só papai noel ou no amigo oculto”, brincou.  “Temos uma base firme e que está bem conduzida pelo deputado Wilson Santos”, concluiu.

RGA

Há 40 dias, o governo enfrenta crise com os servidores e, inclusive, com algumas categorias em greve. Eles exigem 11,28% da RGA, enquanto o governo concedeu 7,54%, divididas em três parcelas.

 Como votou a base do governo:

Dos 24 deputados, 23 estavam presentes em plenário. Apenas faltou à sessão, Romoaldo Júnior (PMDB). Votaram favoráveis ao governo os deputados Eduardo Botelho, Oscar Bezerra, Maxi Russi e Mauro Savi, todos do PSB. Wilson Santos, Saturnino Masson e Baiano Filho, os três do PSDB. Gilmar Fabris, Ondanir Bortolini, Wagner Ramos, Pedro Satélete e José Domingos Fraga, todos do PSD. Dilmar Dal Bosco (DEM).

Contra o projeto do governo, Coronel Taborelli (PSC), Leonardo Albuquerque (PSD),Sebastião Resende (PR), Wancley Carvalho (PV), José Carlos do Pátio (SD), Silvano Amaral, Janaína Riva e Emanuel Pinheiro, os três do PMDB, e Zeca Viana (PDT).

O presidente da Assembleia Guilherme Maluf (PSDB), também presente, só vota em caso de empate.

Get in Touch

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

22,463FãsCurtir
2,941SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Latest Posts