Oposição convoca ex secretário para esclarecer “rombo” nas contas da prefeitura

0
1

Estratégia do Governo falha…

A vice-presidente da Câmara, Valdeníria Dutra Ferreira (PSDB) atendendo estratégia montada pela equipe de governo do prefeito Francis Maris Cruz (PSDB) conseguiu inscrever o ex-secretário de finanças Bruno Frank Teixeira para usar a Tribuna Livre na sessão desta segunda-feira (23.05).

BRUNO FINANÇA
Secretário Bruno

            A Tribuna Livre é um espaço que a Câmara abre todas as segundas-feiras pelo tempo de 10 podendo ser prorrogado até 20 minutos para que representes dos diversos segmentos políticos, sindicais, clubes de serviços, comunitários, dentre outros, possam explanar sobre suas atividades.

            A estratégia do governo de fazer o ex-secretário de finanças utilizar a tribuna livre se deve ao fato do Regimento Interno da Câmara não permitir qualquer tipo de questionamento a quem utiliza o espaço.

            Como o ex-secretário utilizou a tribuna livre para se dizer injustiçado a respeito da denúncia apontando suposto “rombo” nas contas da prefeitura, não esclarecer as denúncias que pesam contra a sua gestão e de quebra tentar desqualificar a ação de fiscalização do Legislativo através dos vereadores de oposição o tiro acabou saindo pela culatra.

            Os vereadores Félix Alvares (SD), Tarcísio Paulino (PSB) e Edmilson Campos (Café no Bule) que formam a bancada de oposição ao modelo de gestão do prefeito Francis classificaram a ação como desrespeito para com o trabalho Constitucional da Câmara que é o de fiscalizar o Executivo e partiram para o contra-ataque.

            Após discursos inflamados os vereadores oposicionistas conseguiram aprovar por unanimidade a convocação do ex-secretário de finanças Bruno Frank Teixeira para que ele possa responder aos questionamentos dos parlamentares a respeito da denúncia feita pelo Controlador Geral do Município apontando suposto “rombo” nas contas da prefeitura.

            Segundo o 1º secretário da Câmara vereador Edmilson Campos (Café no Bule) o ex-secretário atualmente a frente da secretaria de planejamento será notificado dentro das próximas 24 horas para que ele esteja na sessão da próxima segunda-feira (30.05) às 20 horas para esclarecimento sobre a denúncia.

            Mesmo antes de ouvir o ex-secretário o vereador Félix Alvares (SD) conseguiu o aval do presidente Marcinho Lacerda (PMDB) para que a Câmara encaminhe a denúncia ao Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal e Ministério Público de Contas para que essas instituições posam abrir procedimento investigatório a respeito, segundo ele, das gravíssimas denúncias.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui