Sendo forçado

0
1

Golpe para tirar

Adriano da AL

ADRIANO VITÓRIA

O suplente Adriano Silva (foto), ex-PP e hoje no PSB, tinha expectativa de ficar na cadeira de deputado ao menos 9 meses. Mas não deve permanecer 60 dias no cargo. É que Eduardo Botelho, com apenas um mês licenciado, já quer o posto de volta. Está sendo forçado a antecipar o retorno pelo colega deputado Leonardo Albuquerque (PDT), que condicionou votar em Botelho para presidente da Mesa Diretora se este não abrir mais espaço a Adriano. Com isso, está virando pesadelo o sonho de Adriano de substituir seguidamente os três titulares do PSB (Botelho, Max e Oscar), o que chegaria a quase um ano como legislador. Não é a 1ª vez que um cacerense toma rasteira política em vaga na AL. Da Silva chegou a renunciar ao mandato de vereador para entrar na vaga de Eliene. Pelo acordo, ficaria como deputado por 4 meses. Mas Eliene, a mando de Pedro Henry, pediu o cargo de volta com menos de um mês de licença.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui