5 horas de pânico

0
19

Ladrão morre e 2 são presos após

fazerem família refém em casa em MT

 

LADRAO MORTO

 

[tabs type=”horizontal”][tabs_head][tab_title][/tab_title][/tabs_head][tab]Assaltantes usavam tornozeleira e tinham apoio de mulher de um deles. Um deles tentou se esconder em casa vizinha e morreu durante confronto.[/tab][/tabs]

Três assaltantes invadiram uma casa no Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá, neste sábado (12), e um deles, de 54 anos, morreu durante confronto com a polícia. Eles mantiveram a família refém por cerca de 5 horas, período em que os policiais tentaram negociar a libertação dos moradores, incluindo uma menina de oito anos, segundo a Polícia Militar.

Os criminosos invadiram a residência, na Rua das Orquídeas, por volta de 19h, quando o casal e a filha deles estavam chegando ao local. Eles foram rendidos quando estacionavam o carro após voltarem da igreja.

Um vizinho percebeu a movimentação e chamou a Polícia Militar, que chegou ao local quando os assaltantes estavam dentro da casa. A residência foi cercada por policiais da Polícia Militar, da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), que fez sobrevoo de helicóptero.

A mãe de um dos criminosos participou da negociação junto com os policiais. Assim que ela chegou ao local, a criança foi liberada.

Depois de 5 cinco horas de negociação, dois assaltantes se entregaram. Eles usavam tornozeleira eletrônica e foram levados para a Central de Flagrantes. O terceiro criminoso, que também usadava tornozeleira, se escondeu numa casa ao lado. Ele foi localizado e morreu durante um confronto com policiais da Rotam. A família não ficou ferida.

Uma quarta integrante do grupo também foi presa. Ela estava no meio da multidão, que acompanhava as negociações, e tentou se esconder. Conforme a polícia, a mulher, que disse estar grávida, dava cobertura aos criminosos e era casada com o criminoso que morreu. Ela alegou que estava passando mal e foi encaminhada para a Unidade de Pronto-Atendimento do Bairro Morada do Ouro, na capital. Os exames apontaram que ela não estava grávida.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui