spot_imgspot_img

Homicídio: 10 tiros de pistola na cabeça

Grupo de Extermínio

executa ex-presidiário

homicidio
Só uma semana em liberdade. Dênison Sebastião da Costa Couto, de 29 anos, é mais uma vítima de execução sumária. Foram 10 tiros de pistola, quatro deles na cabeça e dois no pescoço. E mais uma vez uma pessoa com passagens pela Polícia é executada no “Triângulo das Bermudas”, como é conhecida a região do Parque do Lago, em Várzea Grande (Grande Cuiabá). A morte do ex-presidiário, segundo a Polícia, tem características da ação de “grupo de extermínio”.

O crime, segundo a Polícia Militar, aconteceu no início da madrugada, por volta 1 hora desta quarta-feira, 27. Dênison foi executado na Rua Mariano Campos Maia, no bairro Alto da Boa Vista, região do Parque do Lago, em Várzea Grande.

Em liberdade condicional após deixar a prisão onde cumpria pena por crime de roubo há menos de uma semana, Dênison, segundo a Polícia, ainda usava tornozeleira eletrônica, colocada pelo Sistema Penitenciário de Mato Grosso.

A vítima, segundo a Polícia, no momento em que foi executado com 10 tiros, estava consumindo cocaína na frente da casa dele, conforme comprova um pó branco encontrado nas mãos de Dênison, que morreu na hora.

E mais uma fez, segundo ainda a Polícia, os pistoleiros – assassinos pagos para matar -, chegaram ao local em uma camionete branca. Os matadores atiraram, mataram e fugiram com muita tranquilidade, como se nada tivesse acontecido.

Corpo da vítima foi removido do local do crime para o Instituto Médico Legal (IML), após ser liberado por investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Até o momento ninguém foi preso.

Get in Touch

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Related Articles

spot_img

Get in Touch

22,463FãsCurtir
2,941SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Latest Posts