MT tem Polícia de Qualidade: Nove Profissionais ganham “Prêmios Censo Melhores Delegados”

0
166

POLÍCIA DE QUALIDADE: A votação realizada pelo Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social elegeu os profissionais de Mato Grosso em quatro categorias: Gestão, Investigação, Jurídica e Destaque

Assessoria/Polícia Civil-MT

Potencial da Polícia Civil de MT é demonstrado com nove delegados do Estado escolhidos entre os melhores do País

Nove delegados de polícia de Mato Grosso foram escolhidos entre os melhores profissionais do Brasil na votação realizada pelo Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social. Promovida desde 2017, a escolha dos “Melhores Delegados de Polícia do Brasil” tem a finalidade de diferenciar e reconhecer anualmente os delegados de polícia que se destacaram através da eficiência e qualidade dos serviços prestados.

Este ano, os profissionais de Mato Grosso ganharam destaque em quatro categorias: Gestão, Investigação, Jurídica e Destaque.

Na lista dos melhores delegados do país pela segunda vez consecutiva, o delegado-geral da Polícia Civil de Mato Grosso, Mário Dermeval Aravechia de Resende, teve o nome relacionado na categoria Gestão, junto ao delegado-geral adjunto, Gianmarco Capoani, que recebe o título pela primeira vez.
 

À frente da direção-geral desde 2019, Mário Dermeval  coordenou com a diretoria da Polícia Civil diversos projetos para dinamizar e dar melhor estrutura às atividades policiais, assim como colocar a instituição na vanguarda tecnológica e de investigação.

Dentre outras vitórias, atualmente a Polícia Civil de Mato Grosso tem destaque nacional na área de inteligência, presidindo o Comitê Nacional dos Chefes de Inteligência, além o desenvolvimento de projetos com apoio do Governo do Estado como o Inquérito policial eletrônico, que hoje está 100% digital e integrado ao Processo Judicial Eletrônico do Poder Judiciário.

Outras conquistas para a Polícia Civil são: Modernização do parque tecnológico; Nova identidade visual; Contratação de estagiários de pós-graduação; novas sedes para delegacias no interior e Capital; modernização da gestão de pessoas; criação da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção; convocação de novos delegados; inovações tecnológicas como o Sistema de Desaparecidos, reconhecimento facial, Kit de coleta biométrica, Sistema BI retroalimentado pelo Geia, aplicativos policiais, SOS Mulher e Botão do Pânico.

Entre os produtos em andamento estão a carteira funcional física e digital, TC avançado, Gravação de Oitivas e outros.

Categoria Destaque

Guilherme Fachinelli e Elaine Silva foram aprovados na categoria Destaque entre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil no Censo 2021.

Fachinelli está lotado na Corregedoria-geral da Polícia Civil de Mato Grosso e atuou na operação Renegados desarticular uma organização criminosa composta, dentre outros membros, por policiais civis e militares além de informantes utilizados pelo grupo criminoso.

“Esse reconhecimento a nível nacional traz a certeza que todo esforço empenhado será recompensado. Fico honrado em poder contribuir e estar entre os colegas escolhidos, o que demonstra que a Polícia Civil de Mato Grosso é diferenciada, em toda a sua estrutura operacional e tecnológica, possibilitando assim dar boas respostas nas investigações e ações desenvolvidas no Estado”, afirmou o delegado.

Elaine Silva titular da Delegacia Especializada de Roubo e Furto de Várzea Grande e esteve a frente de diversas operações de combate a crimes de roubos, furtos e receptação, entre elas a opeação nacional Voleur, que reuniu os 26 estados da federação, resultando na prisão de 2,1 mil pessoas em investigações de crimes contra o patrimônio no País

Categoria Investigação

O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, lotado na Gerência de Combate ao Crimes Organizado (GCCO) ganhou o reconhecimento na categoria investigação. Frente a diversas investigações contra organizações criminosas, o delegado atuou no caso do roubo a banco na modalidade “novo cangaço”, ocorrido em Nova Bandeirantes. As investigações do caso que ganhou repercussão nacional identificaram o grupo criminoso formado por 22 pessoas envolvido no crime.

“Essa premiação não vem de um trabalho isolado, mas de toda uma equipe dentro da unidade policial e de assessoramento, assim como por meio de toda estrutura oferecida na Polícia Civil de Mato Grosso que proporciona as melhores condições na parte tecnológica, operacional para desenvolvermos as ações da melhor maneira possível. É uma honra receber essa homenagem e assim, elevar o nome da Polícia Civil do estado”, destacou Vitor Hugo.

A delegada, Silvia Pauluzi, titular da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) também foi contemplada na categoria investigação. Entre as diversas operações realizadas pela unidade, a delegada esteve a frente das duas fases da operação “Safe City”, que cumpriu mais de 150 mandados de prisão contra foragidos da Justiça, nas Regionais de Sinop (primeira fase) e Rondonópolis (segunda fase). 

Eleita pela segunda vez na categoria investigação, Ana Cristina Feldner atua na força-tarefa que apura interceptações telefônicas ilegais em Mato Grosso.

Categoria Jurídica

O delegado Marcel Oliveira, lotado na Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá entrou para a lista na categoria Jurídica.

O delegado Joaquim Leitão, atualmente lotado na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Barra do Garças foi eleito pela 5ª vez entre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, sendo aprovado nos anos de 2017, 2018, 2019, 2020 e agora em 2021.

Votação

Conforme o Portal dos delegados, a sociedade deseja conhecer os delegados que são dedicados à busca de melhoria da atividade jurídica e funcional, amparo imprescindível para minimizar os danos causados pelo alto índice de criminalidade que atinge o Brasil. 

Os delegados que fazem parte do Hall dos Melhores Delegados de Polícia foram avaliados por centenas de milhares de usuários e colaboradores que visitam o Portal Nacional dos Delegados e suas redes sociais. 

A metodologia aplicada para seleção incidirá em estudos nas mídias sociais, apontamentos de URLs, reputação, repercussão e resultados satisfatórios de serviços, votos coletivos, histórico de atividades positivas, produções funcionais, habilitações e qualificações oriundas de análises curriculares.

O delegado-geral, Mário Aravechia, destacou o apoio do secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante e do governador, Mauro Mendes, nos trabalhos desenvolvidos pela Polícia Civil e ressaltou que 2022 será um ano de grandes mudanças e salto institucional, uma vez que os resultados dos últimos três anos de investimento serão percebidos neste ano, com a chegada de bens adquiridos e com a efetiva aplicação dos produtos tecnológicos desenvolvidos.

“Todas essas inovações, possibilitaram concluir 2021, com nove delegados de polícia indicados como os melhores delegados do Brasil e isso é motivo de grande satisfação. Que no ano de 2022 tenhamos mais delegados eleitos, tendo em vista essas condições positivas que o Estado nos proporciona, por meio da Secretaria de Segurança Pública, dando ampla autonomia e condições de trabalho para que a Polícia Civil execute as suas funções”, disse o delegado-geral.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui