Reconhecimento de Nível Superior para carreira de Polícia Civil

0
40

Deputado Wancley defendeu na tribuna o

reconhecimento e valorização dos

investigadores e escrivães

Reunião_PJC_Eduardo_Cardoso

 

Está em tramitação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o projeto de lei complementar do deputado Wancley Carvalho (PV), que solicita o reconhecimento de nível superior dos escrivães e investigadores de polícia de Mato Grosso.

Apesar de exigência da formação para ingresso no cargo, as carreiras são tidas, legalmente, como nível intermediário. A proposta reflete o desejo dos sindicatos da categoria, representado pelo parlamentar que também é policial civil.

Durante discurso, Wancley lembrou que desde 2004, pela Lei 155, foi instituída a obrigatoriedade do nível superior para ingresso na carreira. Em 2010, mesmo com a definição do novo estatuto da Polícia Civil, o equívoco, conforme classificou o deputado, não foi corrigido.

“Essa mudança organizacional é necessária para valorização dos nossos excelentes policiais civis. O nível superior é uma realidade, e precisamos corrigir esse erro que se arrasta por 12 anos. A mudança, sobretudo, não gera despesa para o executivo”, afirmou na tribuna.

O deputado lembrou ainda que o reconhecimento dos profissionais garantirá progresso na qualidade dos inquéritos, evolução contínua e melhor serviço prestado à população. “A Polícia Civil passa por um processo de evolução contínua. E com uma instituição mais forte e valorizada, quem ganha é a sociedade.

Por fim, Wancley lembrou que apesar das dificuldades estruturais e de efetivo reduzido, a Polícia Civil tem feito um brilhante trabalho. Prova disso foram os resultados da Operação Carga Máxima, que contabilizou 260 pessoas presas, cumprimento de 262 ordens judiciais, apreensão de 3.264 munições, 71 armas de fogo, 78 veículos, 53 quilos de drogas, R$ 27 mil em espécie, animais silvestres, entre outros.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui