PLANTÃO DA MULHER: Advogado é preso em flagrante pela Polícia Civil por violência física e psicológica

0
96

A vítima foi encaminhada para exame de corpo de delito e atendimentos psicológico e jurídico

Assessoria | Polícia Civil-MT

Um advogado suspeito de agressões físicas e morais contra a esposa, em Cuiabá, foi preso pela Polícia Civil, na noite de terça-feira (07.06), em uma atuação da equipe do Plantão de Atendimento à Vítima de Violência Doméstica e Sexual da Capital.

O suspeito de 41 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal e ameaças no âmbito da Lei Maria da Penha.

As diligências iniciaram logo após a vítima de 27 anos comparecer na unidade da Polícia Civil e relatar que havia acabado de ser agredida pelo marido. Ela estava com lesões na cabeça, braço e joelho.

As agressões ocorreram na residência do casal, no bairro Shangri-lá. A vítima informou que o suspeito vem ,reiteradamente, a agredindo física e moralmente, além de ser impedida de trabalhar fora e depender financeiramente do agressor.

De acordo com a apuração inicial, há indícios de violência psicológica e convivência abusiva desde que a mulher se casou, aos 15 anos de idade com o suspeito. Ela contou que também foi ameaçada de morte.

Segundo a vítima, todas as vezes que ela manifesta o interesse de romper com o relacionamento abusivo, o marido a ofende verbalmente e ameaça, dizendo que vai retirar a guarda dos filhos do casal e impedir que ela os visite.

Diante da gravidade dos fatos, os policiais civis realizaram as diligências e conduziram o suspeito ao Plantão da Mulher, onde foi interrogado pela delegada Lizzia Ferraro. Depois da autuação em flagrante delito, ele foi encaminhado para audiência de custódia, no Fórum da Capital.

A vítima foi encaminhada para exame de corpo de delito e atendimentos psicológico e jurídico.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui