RESSOCIALIZAÇÃO: Reeducandos concluem cursos de qualificação profissional na Penitenciária Mata Grande

0
152

Capacitação foi uma parceria da unidade penal com a Secretaria de Ciências, Tecnologia e Inovação de Mato Grosso (Secitec) e a associação católica Obra Kolping

ASSESSORIA – Wellyngton Souza | Sesp-MT

Vinte e três reeducandos da Ala Aquarela, da Penitenciária Major PM Eldo Sá Corrêa, mais conhecida como Mata Grande, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá), concluíram os cursos de massagem modeladora e designer de sobrancelhas. A capacitação em estética foi possível após uma parceria da unidade penal com a associação católica Obra Kolping, do município.

O diretor da Mata Grande, Ailton Ferreira, afirmou que os cursos proporcionam formações que contribuam com a ressocialização, gerando oportunidade até mesmo para o mercado de trabalho.

“É muito importante darmos essa oportunidade, pois são técnicas de fácil aplicabilidade e que exigem pouco investimento para que, quando saírem da privação de liberdade, consigam entrar no mercado de trabalho ou abrir seu próprio negócio”, comenta.

A assistente social da Obra Kolping, Elenir Magalhães, explica que a instituição promove a qualificação profissional para geração de emprego e renda com cursos gratuitos voltados às áreas administrativas, financeiras, logísticas, vendas, informática, beleza, costura, alimentos e artes. Na Mata Grande, os cursos foram ofertados por meio do “Projeto Reconstruindo o Futuro”, fruto de uma parceria da instituição com a prefeitura municipal e a Secitec. 

No curso de designer de sobrancelha, com carga horária de 40 horas, foram certificados 12 alunos, e no curso de massagem, com carga horária de 80 horas, foram emitidos 11 certificados. Ainda está em andamento o curso de modelagem e costura com o público masculino, com carga horária de 160 horas.

“A educação profissional na unidade prisional deve ser provida de modo a conscientizar os sujeitos de que as relações de trabalho estão totalmente ligadas às demais relações sociais, sendo assim bem trabalhadas nessa modalidade de ensino. O trabalho pode se apresentar como um propulsor para um novo futuro”, ressaltou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui