Segurança Pública

0
23

Operação Carga Máxima

prende 36 supeitos em Cáceres

 

policia judiciária mt

 

Trinta e seis pessoas presas. Este é o salto parcial da operação da Segurança Pública “Carga Máxima”, desencadeada na última quinta-feira (28.01), nos municípios da  Regional de Cáceres (225 km a Oeste), com emprego de policiais civis e militares. O objetivo é a redução da criminalidade em todo o Estado de Mato Grosso. 

No município de Cáceres a operação é realizada em terra e na água com patrulhamento fluvial no Rio Araguaia para coibir crimes ambientais como a pesca predatória. Nos municípios de São José dos Quatro Marcos, Araputanga e Porto Esperidião (315, 345, 326 km a Oeste) os policiais  realizaram barreiras nada estradas vicinais da região. 

O resultado do trabalho é o cumprimento de 9 mandados de prisão, sendo cinco prisão preventivas cumpridas em Mirassol D’Oeste (300 km a Oeste). Também foram apreendidos oito veículos, cinco armas de fogo, 111 munições, R$ 6,2 mil, durante o cumprimento de 14 mandados de busca e apreensão, que resultaram na lavratura de 21 procedimentos de prisão em flagrante, totalizando os 36 presos. 

Os presos respondem por crimes de roubos, furtos, tráfico de drogas, tentativa de homicídios, e crimes diversos como receptação, posse irregular de ama de fogo e munições. 

Na Região de Cáceres, a operação é realizada de forma integrada envolvendo o efetivo da Polícia Civil, Polícia Militar, Grupo Especial de Fronteira, Polícia Militar Ambiental e Juizado Volante Ambiental, com abrangências nos municípios do polo regional: Cáceres, Araputanga, Mirassol D’Oeste, Porto Esperidião, São José dos Quatro Marcos, Rio Branco e Indiavaí.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui