SEGURANÇA PÚBLICA: Unidades do interior de MT terão novos Delegados

0
47

Polícia Civil recebe mais 17 delegados; após formados, irão integrar unidades do interior

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Dezessete novos delegados da Polícia Civil foram empossados em cerimônia na Diretoria-Geral da instituição. Os profissionais foram nomeados e se juntam aos 19 que já estão em formação pela Academia da Polícia Civil. Após formados, eles serão lotados em delegacias do interior de Mato Grosso. O evento foi realizado na última semana.

Lícia Juliane de Paiva é natural de Brasília e assume o cargo em Mato Grosso trazendo a experiência profissional como delegada no estado do Maranhão. “É um sonho de uma vida para mim e os colegas, que batalhamos muito para este momento. Esperamos contribuir de forma bem positiva com a segurança e servir a população”, disse a mais nova delegada do Estado.

As novas nomeações foram possíveis, de acordo com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, após um intenso trabalho de gestão e busca pelo reequilíbrio das contas públicas, o que possibilitou o chamamento para a recomposição do quadro de delegados na Polícia Civil, que vem sofrendo redução crescente nos últimos seis anos.

O delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval, destacou à nova turma o momento de transformações tecnológicas e de infraestrutura pela qual passa a instituição, que vêm sendo conquistadas graças às parcerias e apoio do Governo do Estado.

“Tecnologicamente, a Polícia Civil conquistou diversos avanços, a exemplo do inquérito eletrônico, integrado totalmente ao Processo Judicial, que suprimiu o papel na nossa instituição, e outros projetos a serem entregues nos próximos meses que nos distinguirão positivamente da maioria das Polícias Civis do País. Elaboramos uma política de investimentos tecnológicos que resultaram em evolução e nos colocaram na vanguarda em resultados e novidades”, apontou o gestor, acrescentando ainda que “os investimentos também alcançam a área da inteligência, com perspectiva de inovação investigativa e novidades, entre elas, a utilização de algoritmos. E para o próximo ano, em recursos do Estado, temos previstos R$ 13 milhões para o inquérito eletrônico”, pontuou o gestor.

Representando o governador Mauro Mendes, o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, falou do esforço realizado pela gestão em construir uma estrutura que a população possa acessar com qualidade os serviços públicos e também do empenho dos novos profissionais em colaborar para que o Estado tenha excelência nas áreas de atuação. “O Governo tem realizado diversos investimentos na segurança pública, inclusive para chamar os aprovados no concurso de delegados. Temos a consciência do déficit existente e o governo vem fazendo ao longo desses 2 anos e 10 meses o saneamento das contas para que essa convocação fosse possível”, reforçou o secretário.

Carvalho lembrou do papel da Polícia Civil para a sociedade mato-grossense e do empenho dos profissionais em prestar serviços de qualidade. “É a instituição que recebe o cidadão mato-grossense e devemos entregar para a sociedade aquilo que todos esperam de cada profissional, cuidado e amor com o trabalho desempenhado. Escutamos sempre que muitos empresários desejam investir em Mato Grosso e o quesito segurança é sempre muito lembrado e a imagem dessa instituição é que traz a segurança para nós mato-grossenses”, finalizou.

Acompanharam também a cerimônia de posse os diretores da Polícia: Walfrido Franklim do Nascimento (Interior); Eliane Moraes (Academia de Polícia), Jesset Munhoz (Corregedoria), Daniela Maidel (Execução Estratégica); superintendente de Inteligência da Sesp, delegado Diogo Santana; José Lindomar Costa, presidente da Associação dos Delegados e Maria Alice Amorim, presidente do Sindicato dos Delegados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui