Suspeita de maus tratos e agressão física contra um bebê é presa em Colíder

0
64

A mãe do bebê foi flagrada dentro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) provocando maus-tratos na criança, gritando e desferindo tapas e provocando sufocamento no bebê

ASSESSORIA

Uma mãe suspeita de maus tratos e agressão física com sufocamento contra um bebê de apenas cinco meses de vida, foi presa pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (08.06), no município de Colíder, no norte do estado.

A jovem de 20 anos foi autuada em flagrante pelos crimes lesão corporal contra descendente e por maus tratos.

Conforme o delegado Breno Houly Palmeira, a delegacia foi acionada no final da tarde de terça-feira (07) pelo Hospital Regional de Colíder, informando que no setor de pediatria havia um bebê internado para tratamento de pneumonia.

No entanto, a mãe foi flagrada dentro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) provocando maus-tratos na criança, gritando e desferindo tapas e provocando sufocamento no bebê.

Com base na denúncia, imediatamente os policiais civis foram até o local. Ao perceber a presença dos investigadores, a suspeita se trancou no banheiro, onde ficou por cerca de 40 minutos.

A equipe da assistência social e enfermeiras plantonistas do hospital, além de outras testemunhas, confirmaram os fatos ocorridos.

As agressões também foram presenciadas por outras mães que acompanhavam os respectivos filhos internados na pediatria.

Diante do flagrante, a mulher foi encaminhada para a Delegacia de Polícia, interrogada e autuada em flagrante delito. Após os procedimentos, a suspeita efetuou o pagamento da fiança e responderá ao inquérito em liberdade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui