COTADO

0
1

ASSEMBLEIA DEVERÁ

RECEBER AO MENOS

15 NOVOS DEPUTADOS

Professor Adriano

está cotado

Conversa com a secretária de educação de Pontes e Lacerda
Adriano Silva um dos cotados em conversa com a
secretária de educação de Pontes e Lacerda

Romilson Dourado – A Assembleia deve receber ao menos 15 novas caras, que passarão no teste das urnas de 5 de outubro para atuar na próxima legislatura. Mesmo com 336 candidatos para as 24 cadeiras, é possível arriscar quem serão eleitos e/ou reeleitos ou que apresentam chances reais de êxito nas urnas, considerando estrutura logística e financeira de campanha, coligação, potencial eleitoral, histórico e serviços prestados. Dos 24 parlamentares, 9 não buscam novo mandato, o que contribui para expectativa elevada do percentual de renovação, podendo chegar a 65%.

A coligação considerada mais “pesada” é a que reúne o blocão de 5 partidos: PT, PR, Pros, PMDB, Pros e PC do B. Nos bastidores, acredita-se na conquista de ao menos 10 vagas. E entre os mais cotados estão 8 deputados. Os “novatos” desse grupo com possibilidades de garantir vaga são o advogado Francisco Faiad, o ex-secretário de Governo de Sinop, Silvano Amaral, os ex-prefeitos Zózimo Chaparral (Barra do Garças), Altir Peruzzo (Juína) e Valdir Barranco (Nova Bandeirantes), além do vereador cuiabano Alan Kardec.

O PSD, que lançou chapa pura, espera conquistar entre 4 e 6 vagas. Os maiores destaques são os já deputados Walter Rabello e Zé Domingos, o suplente Luizinho Magalhães, e também os novatos Janaína Riva e Meraldo Sá.

A chapa PSB-PP pode conquistar entre uma e três vagas. Na lista dos mais cotados estão o empresário Eduardo Botelho, o ex-reitor da Unemat Adriano Silva e os ex-prefeitos Max Russi (Jaciara) e Oscar Bezerra (Juara).  A chamada Frentinha, com 5 partidos e liderada pelo Solidariedade, deve fazer um deputado, cuja vaga estaria sendo disputada entre Zé do Pátio e Adalto de Freitas, o Daltinho.  A tríplice-aliança PSDB-PDT-DEM reúne condições de assegurar até 5 vagas. E os que mais se destacam são os já parlamentares Guilherme Maluf, Zeca Viana e Dilmar Dal Bosco. Também estão no páreo Wilson Santos, Carlos Avalone e o cacerense Leonardo Albuquerque.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui