DEPUTADO Dr. LEONARDO

0
7

MT 343

Doutor Leonardo cobra

ponte sobre rio Ribeirão

Deputado Estadual Doutor Leonardo Foto: Maurício Barbant/ALMT
Deputado Estadual Doutor Leonardo
Foto: Maurício Barbant/ALMT

NAÍLA ALBUQUERQUE/Assessoria de Gabinete

A ponte de madeira denominada Sete Barreiros, sobre o rio Ribeirão, na MT-343, que liga os municípios de Barra dos Bugres, Porto Estrela e Cáceres está quebrada há quase um mês e causa transtorno aos condutores. Eles são obrigados a percorrer um desvio que aumenta em 70 km o trajeto entre estes dois últimos municípios.  

Buscando resolver o problema, o deputado estadual, doutor Leonardo Albuquerque (PDT), recorreu à Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística, enviando uma indicação de recuperação da ponte ao secretário da pasta, Marcelo Duarte Monteiro.

Os impactos já são sentidos também na agricultura e pecuária, diante da dificuldade de escoamento da produção e de gado. Além desta indicação, em fevereiro passado, o parlamentar reuniu-se com o Governador do Estado, Pedro Taques, ambos do mesmo partido, e representantes dos sindicatos rurais dos três municípios requerendo a pavimentação da MT 343.

Br 343 deve ser asfaltada logo o término das chuvas. À margem, Vereador Domingos observa preocupado a caótica situação da via Foto Celso Antunes
MT 343 deve ser asfaltada logo o término das chuvas. À beira da estrada, Vereador Domingos observa preocupado a caótica situação da via…
Foto Celso Antunes

“Taques garantiu atenção à nossa região e atenderá às nossas solicitações. Continuamos cobrando e apontando as necessidades locais. Estamos cobrando o asfalto e a ponte, pois a Região Sudoeste está com as estradas em situação bastante crítica”, argumenta o deputado.

Os usuários de transporte público que ainda trafegam pela via estadual não encontram outra alternativa senão ultrapassar a ponte a pé e pegar outro veículo público no lado oposto.   

“Temos que cobrar, mas também é preciso entender que nesse período de chuvas a demanda por serviços da Secretaria de Infraestrutura é grande, sem falar nas dificuldades de trabalho devido ao tempo”, disse o pedetista.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui