Fagundes deve disputar comando do Palácio Paiaguás

0
128

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) acredita que o senador Wellington Fagundes (PL) deva encarar a eleição ao governo do Estado caso uma aliança, com Mauro Mendes (UB) não se concretize.

SENADOR WELLINGTON FAGUNDES E DEPUTADA ESTADUAL JANAÍNA RIVA – ARQUIVO

Kamila Arruda / Paulo Henrique Fanaia

Para a emedebista, não existe a possibilidade de o congressista ser candidato à reeleição em outra chapa. “Eu acho mais possível Wellington ser candidato a governador se ele não estiver na chapa do governador Mauro Mendes como candidato a senador, do que ele ser candidato a senador em outra chapa”, enfatizou a parlamentar.

Isso, porque foi levantada a possibilidade de Wellington disputar o Senado em uma chapa encabeçada pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). Fagundes vem sendo pressionado por lideranças políticas de Mato Grosso e também pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para encarar a disputa rumo ao comando do Palácio Paiaguás.

O congressista, contudo, não tem demonstrado interesse e afirma que pretende ir à reeleição. Apesar disso, ele tem participado de diversas reuniões do grupo de oposição ao atual governador, o qual vem sendo comandado por Pinheiro, que chegou a anunciar que irá se afastar da prefeitura para organizar uma possível campanha ao governo.

Na semana passada, inclusive, o senador esteve na casa do prefeito participando de um almoço com diversas lideranças políticas, entre elas os irmão Jayme e Julio Campos.

Na oportunidade, foi dado um prazo para que Fagundes se posicione oficialmente sobre essa possibilidade de disputar o governo do Estado. Caso ele, de fato, decida pela reeleição, os nomes de Emanuel e também do ex-deputado Nilson Leitão (PSDB) serão trabalhados para a disputa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui