PARTIDO SOCIAL CRISTÃO

0
4

 

MUDANÇAS

REFORMA POLITICA

NÃO PERMITE

COLIGAÇÃO PARA

VEREADORES EM 2016

Valdir, Presidente do Partido Social Cristão - PSC Foto Arquivo
Valdir, Presidente do Partido Social Cristão – PSC
Foto Arquivo

Valdir Rodrigues de Freitas
Conversei com alguns companheiros em algumas reuniões politicas e observei que está alheio sobre o que vai acontecer caso seja aprovada a Reforma Politica, então, olha ai…
A proposta em debate consta do texto da PEC 40/2011 (apresentada pelo ex-senador José Sarney (PMDB), que já foi aprovada, em primeiro turno, no Senado Federal na primeira quinzena de março/2015 (61 votos, 7 contras e 2 abstenções). Ela integra um grupo de matérias relacionadas à Reforma Política, que serão apreciadas, votadas, promulgadas e publicadas até 01/10/2015, último dia do prazo constitucional (art. 16 da CF/88) para que possam ser aplicadas nas eleições municipais de 2016 (02/10/2016 – primeiro turno).
Acreditamos que toda reforma visa o aperfeiçoamento, um melhoramento, um avanço. Contudo, ao admitir a inserção dessa restrição à participação de partidos com pouca densidade eleitoral, estaremos instalando um “massacre das minorias”, conforme palavras do Ministro Marco Aurélio no julgamento da inconstitucionalidade da norma que queria instituir a “cláusula de barreira” (ADI 1351/DF e ADI 1354/DF).
Preste atenção você que quer ser candidato a vereador… Como está a sua popularidade? Para você assumir uma das 15 cadeiras da Câmara tem que ser um dos 15 mais votados, proibição das coligações partidárias em âmbito proporcional para deputados e vereadores, isso acaba com aquela coligação que um vereador bem votado puxa outro com menos voto; eu entendo que o povo escolheu os 15 mais votados e assim é justo.
E por falar em eleições que é de dois em dois anos também vai ser uma só, depois das eleições municipal de 2016 a próxima que é para presidente, governador, senador e deputado em 2018 vai incluir também a municipal: com isso os eleitos em 2016 terão mandato de 2 anos e em 2018 todos juntos.
Conversei com o deputado federal Vitorio Galli que me informou que o acordo dos deputados é que a probabilidade de mantado de 2 anos para o município é bem maior do que 6 anos quando a próxima eleição presidencial e municipal vai ser em 2022. Fiquem atentos no que vai acontecer. Em breve mais detalhes da Reforma Política.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui