PATRONO DAS COMUNICAÇÕES

0
6

150 ANOS

Dr Leonardo apresenta

Moção em reconhecimento

a legado de

Marechal Rondon

Rondon à época em visita às aldeias Acervo HIstórico
Rondon à época em visita às aldeias
Acervo HIstórico

 Assessoria

O deputado estadual, Doutor Leonardo Albuquerque (PDT/MT) apresentou Moção de Louvor e Reconhecimento pelo empenho da família em manter viva a história de Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, que completou 150 anos de seu nascimento. O Patrono das Comunicações do país é mato-grossense, nascido em Mimoso, distrito de Santo Antônio do Leverger.

 

“A família deste grande homem de nosso país e filho de Mato Grosso luta pelo reconhecimento do empenho deste Marechal na implantação das linhas telegráficas em territórios pouco explorados à época, como Mato Grosso e Rondônia. Era um brasileiro levando a ideia de Brasil onde o Brasil mal existia”, ressalta o parlamentar.

Deputado Estadual Dr. Leonardo Foto Assessoria
Deputado Estadual Dr. Leonardo
Foto Assessoria

 

Doutor Leonardo criticou que até hoje não há um espaço de visitação com a história e pertences de Marechal Rondon, reunindo todo acervo cultural da história de Mato Grosso e do país. Ao contrário, o parlamentar lembra que o Memorial Rondon, em Mimoso, é um projeto inacabado há 12 anos.

 

“A estrutura de dois mil metros quadrados, metálica e em formato de oca, revela os sinais do tempo e do abandono. O acervo do Marechal fica em uma escola em frente ao Memorial em ruínas, que possui fotos e pertences desta figura nacional. Muito da riqueza de detalhes de sua história e peculiaridades ainda está na fala de familiares”, enfatiza Leonardo.

 

Para ele, a luta da família em manter o sobrenome Rondon vivo, bem como seu legado não catalogado é razão para receber da Assembleia Legislativa de Mato Grosso uma Moção de Louvor em reconhecimento a este empenho. “Paralela a esta moção estamos indicando a construção de um espaço de visitação cultural sobre Marechal Rondon”, ressaltou o parlamentar. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui