PESQUISA

0
5

TRE manda Gazeta entregar

pesquisa e barra comerciais

de Bezerra, Ságuas

e Wellington

fagundes

O juiz do Tribunal Regional Eleitoral, Paulo Cézar Alves Sodré, determinou na tarde de hoje que o instituto Gazeta Dados entregue no prazo de 48 horas, após a notificação, os dados da última pesquisa eleitoral feitas em Cuiabá e todo Estado. O pedido foi feito pelo candidato a governador pela coligação “Amor a Nossa Gente”, Lúdio Cabral (PT).

De acordo com a decisão do magistrado, existe a hipótese de discrepância entre os números do Gazeta Dados e outros institutos, o que “embasa a liminar”. “O instituto terá que encaminhar cópias de todas as informações relativas à pesquisa inclusive dados relativos à identificação dos entrevistadores, planilhas individuais, mapas e equivalentes, além do relatório entregue ao solicitante da pesquisa e o modelo do questionário aplicado”, explica a decisão do juiz Paulo Cézar Alves Sodré, que estabeleceu uma multa entre R$ 10,6 mil e R$ 21,2 mil em caso de descumprimento.

bezerra Também na tarde de hoje, Paulo Sodré determinou a suspensão das inserções partidárias do candidato a senador Wellington Fagundes (PR). Nas propagandas veiculadas através de comerciais, a coligação esqueceu de acrescentar o PR e também a denominação de “propaganda eleitoral gratuita”.

A liminar foi concedida através de uma representação da coligação “Coragem e Atitude para Mudar”, que tem o ex-governador Rogério Salles (PSDB) como candidato a senatória. O juiz determinou que a suspensão aconteca até a substituição dos comerciais nas emissoras de televisão.

FEDERAIS DE LÚDIO

A coligação “Coragem e Atitude para Mudar” também pediu a retirada das inserções dos deputados federais Valtenir Pereira (PROS), Carlos Bezerra (PMDB) e Ságuas Moraes (PT), que apoiam o ex-vereador Lúdio ao Governo e Wellington ao Senado. Os candidatos estariam veiculando os comerciais sem nome da coligação partidária a que pertencem e ainda o termo “propaganda eleitoral gratuita”.

saguas

Em relação a Valtenir Pereira, o magistrado não encontrou as falhas citadas. Paulo Sodré mandou suspender as inserções de Ságuas e Bezerra com notificação a TV Centro América, que faz a transmissão da propaganda para outras emissoras.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui