PRIVATIZAÇÃO DO FIPe 2015

0
46

 

OPOSIÇÃO

Com ajuda da situação,

oposição convoca

Secretário de Turismo

para explicar licitação

intempestiva

e privatização do FIPe

 

Café no Bule quer saber sobre a realização do FIPe 2015 Foto Arquivo
Café no Bule quer saber sobre a realização do FIPe 2015
Foto Arquivo

assessoria Vec

                 O vereador Edmilson Campos (Café no Bule) principal oposição ao modelo de gestão do prefeito Francis Maris Cruz (PMDB) no Legislativo Cacerense mostrando grande poder de articulação política conseguiu aprovar por unanimidade a convocação do Secretario de Meio Ambiente e Turismo Júlio Parreira para dar explicações nesta segunda-feira (01.06) às 20:00hs a respeito da realização do 34º Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres previsto para o período de 10 à 14 de junho próximo.

            “Após mais de três décadas o nosso maior evento popular lamentavelmente vai ser privatizado, ou seja, os shows artísticos que ao longo dos anos apesar das dificuldades financeiras independente de quem estivesse a frente da prefeitura sempre foram gratuitos este ano será pago. Prá resumir o nosso Fipe vai virar festa de rico” denuncia o vereador Café no Bule.

Júlio Parreira vai à Câmara em Sessão dar explicações sobre o FIPe 2015 Foto Arquivo
Júlio Parreira vai à Câmara em Sessão dar explicações
sobre o FIPe 2015
Foto Arquivo

            Para o vereador Edmilson Campos o fato de Cáceres após 20 anos ter voltado a eleger um deputado estadual, segundo ele, não representou força política junto ao Governo do Estado no sentido de se viabilizar recursos para manter o festival de pesca com suas características de festa popular. “No ano passado o então deputado Português conseguiu viabilizar 2 milhões de reais junto ao Governo do Estado para evitar a privatização do evento. Este ano a falta de ajuda vai dificultar o acesso da população aos shows que terão ingressos na área popular no valor de 15 reais” lamenta Café no Bule.

            Outra critica do parlamentar se deve ao aumento das taxas para as provas de pesca. Segundo foi divulgado pela imprensa o valor da inscrição para a pesca de canoa passou de R$ 50 para R$ 200 reais por equipe. Já para a pesca motorizada a inscrição subiu de R$ 180 para R$ 300 reais e a pesca infanto-juvenil passou de R$ 20 para R$ 30 reais.

            O secretario de Meio ambiente e Turismo também terá que se explicar a respeito da realização tardia de uma licitação para compra de bonés, sacolas e camisetas para o festival há duas semanas do evento. “Se confirmarem os boatos a atual administração vai ter que explicar juridicamente porque realizou o processo licitatório para pagar serviços já contratados. Enquanto fiscal do povo Cacerense exijo que esses boatos já noticiados pela imprensa sejam muito bem esclarecidos” alerta Edmilson Campos.

            A sabatina do secretario de Turismo Júlio Parreira está marcada para esta segunda-feira (01.06) às 20:00 horas no auditório da Câmara Municipal e será aberta para a participação popular.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui