SENADORA: CONCURSO NACIONAL

0
7

Aluna de Cáceres é

1ª colocada em

concurso nacional

‘Jovem Senador 2014’

Imprensa Blairo Maggi

É mato-grossense a primeira colocada no concurso de redação Jovem Senador 2014. Nathalia Lima Janones, de Cáceres (MT), tem 17 anos e cursa o 3º ano do ensino médio na Escola União e Força. Ela enviou ao Senado a redação com o título “Uma educação que transforma”, que foi escolhida a melhor, entre outras 50 mil redações, selecionadas pela comissão julgadora formada por servidores do Senado, do Ministério da Educação (MEC) e do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

Nathalia Lima Janones, de Cáceres (MT), tem 17 anos e cursa o 3º ano do ensino médio na Escola União e Força
Nathalia Lima Janones, de Cáceres (MT), tem 17 anos e cursa o 3º ano do ensino médio na Escola União e Força

“Na minha redação, procurei mostrar a realidade que vivo em Cáceres. Se eu fosse senadora, investiria em muitas áreas e buscaria transformações, como saúde, meio ambiente e educação. Convivo diariamente com defeitos educacionais. Então, busquei colocar o erro e sugeri soluções para eles. Apontei o que deveria ser mudado na grade de ensino, como gerenciamento político e financeiro, para que as pessoas, além das matérias já existentes, tenham um ensino de vida, para uma formação cultural”, explicou a aluna.

Além da premiação individual, que é um laptop, medalha e certificado, Nathália garantiu outros quatro computadores para serem utilizados por todos os alunos da Escola União e Força.

Para o senador Blairo Maggi, os textos encaminhados ao concurso demonstram um significativo envolvimento de alunos do ensino médio na realidade política do País. O tema sugerido aos participantes, e que motivou a participação de cerca de 50 mil alunos, foi ‘Se eu fosse senador’. “Melhor que a iniciativa da Casa é ver a motivação desses alunos. Adolescentes dispostos a participarem do debate político, da elaboração de leis e da discussão de temas relevantes ao País. Nathalia colocou Mato Grosso no primeiro lugar desse ranking, e, certamente, terá muito a colaborar em novembro, quando atuará como ‘jovem senadora’, em Brasília”, comemorou.

O concurso selecionou 27 finalistas, sendo um representante de cada estado brasileiro. A concorrência contou com 103 mil inscritos.

Como lembrou o senador Blairo Maggi, de 17 a 21 de novembro os jovens senadores passarão pela experiência parlamentar. No Congresso Nacional, irão simular o mandato de um senador, apresentando proposições, participando da eleição de Mesa Diretora, debates e votações. As propostas poderão se tornar Leis, caso sejam aprovadas pelas Comissões temáticas da Casa.  

Em Brasília, a jovem senadora deve apresentar um Projeto de Lei que institui a educação política em sala de aula. Pela proposta, já no período escolar, os alunos passariam a discutir e entender a estrutura de Estado. “Com o ensino político, ficaria claro como funciona a política brasileira, qual a importância do voto, como se conseguiu a liberdade de expressão que temos hoje, que é a democracia. A gente sabe que corrupção é crime, mas não sabe como cobrar, como funciona o gerenciamento da política. Minha ideia é mais voltada para gestão política do País”, disse Nathalia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui