ZPE: GERAÇÃO DE EMPREGOS

0
16

EMPREGO

Empresas da ZPE

deverão reservar 5%

das vagas para menores

O Projeto visa proporcionar aos jovens

oportunidade de trabalho e renda

Deputado Estadual Doutor Leonardo
Deputado Estadual Doutor Leonardo

Lis Ramalho

Com objetivo de oportunizar aos adolescentes da cidade de Cáceres, o deputado estadual doutor Leonardo Albuquerque (PDT) apresentou Projeto de Lei que obriga toda empresa a ser instalada na Zona de Processamento de Exportação (ZPE), reservar 5% das vagas aos menores aprendizes. O PL é destinado aos jovens entre 14 a 18 anos, que estejam cursando o ensino fundamental ou médio. “Toda contratação seguirá o rito previsto em legislação quanto ao menor aprendiz”, explicou.

Segundo o parlamentar, o município de Cáceres e região sofre há anos com o tráfico de drogas e este problema assola principalmente os jovens da cidade. Inúmeras famílias acabam vendo seus filhos sendo “adotados” pelo mundo das drogas, pois muito deles, sem opção de trabalho, se iludem com as promessas de dinheiro fácil e rápido oferecido pelo mundo do tráfico.

“Grande é o desespero das famílias ao ver seus filhos se tornarem adolescentes e se envolverem nessa terrível realidade, por carência, por necessidades e pela pouca ou até falta de vagas no mercado de trabalho. Ao proporcionar à juventude o chamado primeiro emprego, um novo futuro se abrirá, repleto de oportunidades”.

Vale ressaltar que as Zonas de Processamento de Exportação caracterizam-se como áreas de livre comércio com o exterior, destinadas à instalação de empresas voltadas para a produção de bens a serem comercializados fora do país. As indústrias localizadas na ZPE operam com suspensão de impostos e procedimentos administrativos simplificados, como, por exemplo, isenção total de ICMS, Imposto de Importação, IPI, PIS e Cofins, entre outros, além de 75% de isenção no Imposto de Renda.

De acordo com a lei que rege as ZPE’s, de tudo o que for produzido no espaço das Zonas de Processamentos, 80% deverá ser destinado para exportação e 20% para o mercado interno. Cáceres está localizada numa região privilegiada, tendo a hidrovia Paraguai-Paraná como uma ponte de escoamento das matérias-primas para outros países do Mercosul ou de entrada de mercadorias, oriundas de qualquer lugar do mundo passando pelo porto em Montevidéu e subindo a hidrovia até chegar no município.

“Com a instalação da Zona de Processamento de Exportação e o Porto, a tão esperada rodovia asfaltada, ligando o médio norte a Cáceres poderá deixar de ser somente um sonho, e se tornar realidade”.

O deputado ressaltou que além disso, fomentará o crescimento de toda a região oeste e sudoeste, gerando novos empregos e rendas, atraindo indústrias e comércios, refletindo diretamente na economia e no desenvolvimento de todo o estado. Vale destacar que mais de 19 empresas já manifestaram interesse em se instalar no espaço de 247 mil hectares, localizado no Distrito Industrial do município.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui