Mototaxistas terão que fornecer toucas descartáveis a passageiros

0
39

Lei foi sancionada nesta semana.

Caso seja descumprida, o

profissional terá a suspensão do

alvará de funcionamento, multa e

até cassação do exercício da profissão

 

touca

O Prefeito Mauro Mendes (PSB) sancionou nesta semana uma lei que determina o fornecimento de toucas descartáveis aos clientes dos mototaxistas de Cuiabá.  A regra passa a valer 90 dias após a publicação no Diário Oficial, ou seja, em janeiro de 2017. Até lá, os mototaxistas tem o período para adequação e também aquisição das toucas.

As referidas toucas descartáveis devem ser específicas para proteção dos cabelos, evitando o contato direto com o capacete. Contudo, o uso é facultativo aos usuários.

Em caso de descumprimento, o profissional terá a suspensão do alvará de funcionamento, multa e até cassação do exercício da profissão.

A lei determina que as toucas a serem disponibilizadas devem ser novas para prevenir males ao couro cabeludo, além de serem adequados para o uso no clima local.

A justificativa para a nova regra é a prevenção da proliferação de microorganismos que podem atingir o couro cabeludo e causar doenças como, por exemplo, micose, dermatite seborréica (caspa), escabiose (piolho). Com a grande rotatividade do capacete do mototaxista ao longo do dia, passando pela cabeça de vários passageiros, fica fácil essa contaminação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui