VACINAÇÃO FEBRE AFTOSA

0
46

 

PECUÁRIA

Primeira etapa de vacinação

começa hoje 1º de maio

em Mato Grosso

ffff Foto WEB
Mais de 12 milhões de animais devem ser vacinados em todo Mato Grosso
Foto WEB

DAYANNE SANTANA
Assessoria/ Indea

A primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa, deste ano, vai de 1° a 31 de maio. O produtor deve vacinar todo o rebanho bovino e bubalino, de 0 a 24 meses de idade, com exceção das propriedades do baixo Pantanal. De acordo com o presidente do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), Guilherme Nolasco, “a estimativa é imunizar 12.650 milhões de animais no Estado”.

Desde ontem quinta-feira (30.04), o produtor começou a adquirir as vacinas junto ao INDEA. A comunicação da vacinação precisa ser feita até 10 de junho, no escritório do Indea do seu município.

Oitocentas propriedades localizadas na região de fronteira Brasil/Bolívia, nos municípios de Cáceres, Porto Espiridião e Vila Bela da Santíssima Trindade, terão o acompanhamento de 22 equipes do Indea. A meta é fiscalizar 2% do total das propriedades do Estado.

Quem não vacinar o rebanho dentro do período da campanha, irá pagar multa de 2,25 em UPF (Unidade Padrão de Fiscal) por cabeça de gado não vacinado, atualmente em R$ 250, podendo sofrer alterações. O produtor que atrasar a comunicação fica impossibilitado de emitir Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período mínimo de 30 dias.

Imunidade do rebanho

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) enviou ao Indea o resultado da sorologia, realizada nos meses de abril e maio de 2014. Foram coletados materiais de animais de propriedades em municípios de fronteira e não-fronteira, com o objetivo de estimar a cobertura vacinal da população bovina localizada nos Estados livres de febre aftosa com vacinação.

As amostras foram colhidas em propriedades sorteadas pelo Mapa, em bovinos de 6 a 24 meses de idade. De acordo com o resultado do estudo, Mato Grosso foi classificado no Grupo 1, com excelente nível de imunidade do rebanho, com valores acima de 90%, o que indica que a vacinação está sendo efetivamente executada pelos produtores rurais, ratificando as altas taxas de vacinação, superiores à 99% nas últimas etapas de vacinação.

Brucelose

O produtor pode aproveitar o período para vacinar as fêmeas com idade de 3 à 8 meses contra brucelose. A primeira etapa da campanha teve início em 1º de janeiro e vai até 30 de junho. A vacinação precisa ser feita uma única vez. É proibida a vacinação em machos de qualquer idade e de fêmeas com idade superior a 8 meses.

As bezerras deverão receber a marca com a letra V, acompanhada do algarismo final do ano da vacinação, no lado esquerdo da cabeça, exemplo V5.

Recursos

O Fundo Emergencial de Saúde Animal de Mato Grosso (Fesa-MT) realizou um aporte total de R$ 1.875.473,40. O recurso será utilizado para a cobertura das atividades de defesa sanitária nas barreiras da região de fronteira Brasil/Bolívia; realização de simulado para emergência sanitária de febre aftosa; conclusão do estudo epidemiológico para avaliação de circulação viral de Febre Aftosa; etapa de vacinação de maio na fronteira Brasil/Bolívia; barreiras volantes; manutenção e conserto de veículos, e aquisição de kits de atendimento veterinário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui