Cumbaru: fruto que combate a fome

0
11

[dropcap]I[/dropcap]ntitulado como: “Paladar Cultural do Cerrado Mato-grossense”, o projeto consiste em investigar, registar e divulgar a gastronomia do cerrado da região sudoeste, através de frutos nativos com a prática de extrativismo sustentável. Tendo como objetivo o reconhecimento pela herança cultural e valores históricos do alimentos, além de estimular a culinária típica da região e resgatar tradições antigas. Será abordado então o fruto típico da região “Cumbaru”, que é uma das principais rendas complementares de pequenos agricultores do município. A considerar que a alimentação é uma forte marca cultural e uma demonstração de envolvimento turístico, ao tratar e divulgar alimentos ricos de diversas regiões, a valorização do mesmo tende a crescer, assim como a gastronomia local.

A castanha do cumbaru pode ser encontrada em comunidades quilombolas, ribeirinhas, pantaneiros e agricultores familiares, que fazem diversos outros alimentos a partir do próprio fruto, como bolo, óleo, sorvete, farinha e até mesmo a fabricação de artesanatos. 

A ideia do projeto surgiu logo após o Governo Federal lançar a Lei Aldir Blanc, como forma de auxílio para todos do meio cultural que foram diretamente afetados pela pandemia do Covid-19. Com edital publicado pela Prefeitura Municipal de Cáceres, o projeto pôde ser contemplado para dar início a história gastronômica da cultural regional. 

A apresentação será pelas redes sociais, às 19h, dia 20 de janeiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui