MINHA CASA

0
1

Prefeitura entrega

62 unidades do

Programa Minha Casa

Minha Vida

FOTOS – CELSO ANTUNES
MUITA EMOÇÃO...
MUITA EMOÇÃO…

Assessoria

Ao fazer a entrega das chaves ontem, às 62 famílias que receberam casas dentro do Programa do Governo Federal Minha Casa Minha Vida, o prefeito de Cáceres, Francis Maris Cruz, anunciou a construção de mais 800 casas, pelo mesmo Programa. O projeto foi aprovado nesta gestão e as inscrições, que serão feitas de forma ininterrupta e sem necessidade de enfrentar filas, começam em novembro, na Secretaria de Ação Social do município.

MUITA GENTE À ESPERA DO MOMENTO DA ENTREGA DA CHAVE...
MUITA GENTE À ESPERA DO MOMENTO DA ENTREGA DA CHAVE…

As 62 casas do Residencial Portal das Águas tem sala/cozinha, um banheiro e dois quartos, e um diferencial: energia solar. Ficam numa extensão do residencial Aeroporto. Aos moradores, o prefeito anunciou a construção de uma creche, os trabalhos iniciarão ainda este ano.

ENERGIA SOLAR
ENERGIA SOLAR

Ainda, anunciou que para o ano que vem cinco novas creches para o município.

As 800 novas unidades serão construídas no Jardim Universitário, região do antigo aeroporto, hoje sede da Unemat.

O secretário de Ação Social do município, Claudio Henrique Donadoni, informou que a seleção para ganhar moradia é criteriosa. “Aqui não existe o “quem indica”. Quem recebe a casa é quem realmente necessita dela. Há prioridades, como pessoas doentes, com deficiência, mães solteiras, famílias com muitos filhos, pessoas que vivem em regiões de risco. Para essas 62 casas, mais de 1.500 inscrições foram feitas. Os que não foram contemplados estão no cadastro. Nossa demanda por moradia em Cáceres ultrapassa o número de 5 mil casas”.

Claudio Henrique agradeceu ao trabalho do Setor de Habitação da Secretaria de Ação Social, e a todos os demais funcionários. “Todos se empenharam”. Ele lembrou ainda que a determinação recebida do prefeito foi para uma seleção criteriosa e justa. “Em outros residenciais já houve a desocupação de algumas casas porque que não precisavam ou que venderam o imóvel, o que o Programa não permite. As casas foram desapropriadas e destinadas a outras famílias”.

SECRETÁRIO CLÁUDIO HENRIQUE
SECRETÁRIO CLÁUDIO HENRIQUE

O prefeito pediu aos contemplados para que zelem da moradia. ”Façam um jardim na frente, plantem hortaliças e árvores frutíferas no quintal, proporcionando sombra e reforço alimentar. Terei o prazer de voltar aqui para ver este complexo habitacional ganhando melhorias. A creche é uma delas.”

No palanque, o deputado eleito Leonardo Albuquerque (PDT), afirmou que assume, em 2015, com o compromisso de ajudar a administração municipal. “É aqui que moro, foi aqui que obtive uma votação histórica, e tenho por obrigação retribuir essa confiança em serviços à população. Estarei trabalhando e ajudando o prefeito”.

Francis Maris agradeceu e afirmou que é justamente de representatividade política que Cáceres precisa, tanto nível estadual como federal. “Independente de quem vença as eleições, um Programa como esse (Minha Casa Minha Vida), que dá um lar às famílias carentes, não pode jamais ser encerrado”.

Morador contemplado
MORADOR CONTEMPLADO

Representantes da CEF, da Concremax (empreiteira que construiu as casas), Ucam, secretariado e vereadores participaram do ato.
Estiveram presentes além do prefeito Francis e do deputado eleito Leonardo, a vice-prefeito Eliene Liberato, o assessor especial de Gabinete Átila Gattas, o secretário de Meio Ambiente, Turismo, Indústria e Comércio, Júlio Parreira; a secretária de Governo Deise Dier; o secretário de Ação Social Claudio Henrique Donatoni; o secretário de Fazenda Júnior Trindade; a secretária de Educação, Nelci Longhi; o secretário de Esporte, Cultura e Lazer, Rubens Macedo. Representando o legislativo municipal, se fizeram presentes os vereadores Alvasir Alencar, Domingos, Cabo Pinheiro, Manoel Leiteiro e Valdeníria Dutra.

A emoção de quem conquista seu espaço

O clima entre as famílias mesclava alegria e emoção, que levou muitos às lágrimas. Tanto os representantes da Concremax, como da CEF e da Ação Social, afirmaram que ouviram relatos que comoveram.

LUANA CAMPOS MARQUES
LUANA CAMPOS MARQUES

Representando todos os contemplados, Luana Campos Marques recebeu as chaves juntamente com a filha Júlia, de 06 anos, que tomou o microfone das mãos do prefeito e tentou se comunicar. Ela tem déficit de atenção e, com as mãozinhas, enxugava as lágrimas da mãe. Luana tem 22 anos, é mãe solteira de Júlia e de outra criança de quatro meses. Está em tratamento de saúde e estava morando “de favor” na casa de uma irmã.
“De favor” estava morando também o aposentado José Pinto da Silva, de 66 anos, que sempre trabalhou como braçal, na zona rural, tem problemas auditivos e nunca teve um lar.”Sou cacerense, sou da terra, e esta é a melhor coisa que aconteceu em minha vida”, disse. E foi só o que conseguiu dizer, pois chorava muito. Ele é sozinho.

Diferente da família de Jucineide da Silva, de 29 anos, casada e com cinco filhos de idades que variam de 02 a 12 anos. O marido trabalha como pedreiro.

Cabe agora às famílias ocuparem as casas no prazo de trinta dias. O contrato feito através da Caixa Econômica Federal determina que as casas podem ser usadas somente para moradia, não podem ser cedidas a terceiros, e não podem ter o pagamento da parcela com mais de 60 dias de atraso. O valor da parcela é de 5% da renda familiar. Muitos contemplados tem renda abaixo do salário mínimo, alguns dependendo de auxílios como o Bolsa Família.

DOCUMENTOS DAS CASAS
DOCUMENTOS DAS CASAS
NELCI LONGHI ANUNCIA CONSTRUÇÃO DE CRECHE
NELCI LONGHI ANUNCIA CONSTRUÇÃO DE CRECHE
PAULO, HOMEM DO CERIMONIAL
PAULO, HOMEM DO CERIMONIAL
MÃES E CRIANÇAS: MORADIA!
MÃES E CRIANÇAS: MORADIA!
ASSINAR E MORAR
ASSINAR E MORAR
REPRESENTANTE DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
REPRESENTANTE DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AJUSTES DE DOCUMENTAÇÕES
AJUSTES DE DOCUMENTAÇÕES
BÊNÇÃOS DO PADRE
BÊNÇÃOS DO PADRE
CHAVES: ABERTURA PARA O LAR
CHAVES: ABERTURA PARA O LAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui