Associação Guarda Mirim “Cabo Davi”

1
7
IMG-20170203-WA0137 (Cópia)
REUNIÃO DOS INTEGRANTES DA DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO GUARDA MIRIM “CABO DAVI” FOTO ARQUIVO PESSOAL

Vereador Rosinei viabiliza “resgate”

da Guarda Mirim em Cáceres

 

Cabo Davi, o grande homenageado

 

Por Celso Antunes

Tão logo assumiu cadeira no Legislativo, o Vereador do Partido Verde, Rosinei Neves, trabalha para recolocar em atividade a Guarda Mirim, extinta há mais de 20 anos.

Rosinei Neves tem apoio do Deputado Estadual Wancley, também do PV, que nos últimos dias, apresentou proposta de criação da Guarda Mirim Estadual, junto ao Governo do Estado de Mato Grosso, por intermédio da Secretaria de Estado de Assistência Social – SETAS.

Com esse objetivo acima, o vice-presidente do PV em Cáceres tem se reunido com os membros da futura Associação Guarda Mirim “Cabo Davi”, ultimando detalhes de formação de Diretoria, Estatuto, CNPJ, enfim, “tudo devidamente registrado, dentro da Lei, de maneira que possamos apresentar o Projeto Guarda Mirim para a Sociedade Organizada e, galgar recursos, parcerias profícuas, ou seja, ter sustentação de funcionamento, para que a Guarda Mirim não volte a desaparecer”, destaca.

Vale ressaltar que a Guarda Mirim de antes sempre teve o seu devido valor. Veio a ser extinta por forças maiores que o Vereador Rosinei quer se precaver, afinal, todo investimento tem o seu risco. “Não queremos dizer que a extinção da Guarda Mirim se deu por má gerência, e sim, que vamos administrar para doravante”, sentencia.

cabo davi (Cópia)
Saudoso Cabo Davi – Foto Web

O último que esteve à frente da Guarda Mirim foi o saudoso policial militar Davi Maciel, popularmente conhecido por Cabo Davi. Seu falecimento acometido por infarto fulminante. Enquanto esteve à frente da Instituição, Cabo Davi se dedicou por inteiro às causas da Guarda Mirim: batalhou enquanto pode. Não mediu esforços para colocar em prática a filosofia da entidade. Os integrantes da Guarda Mirim se comportavam igual a um Militar, cumpria a doutrina à risca.

Segundo Neves, “por essa dedicação que a Guarda Mirim vai receber o nome “Cabo Davi”, enfatiza.
Em conversa ao Jornal O Comunitário, o militar bombeiro Tenente Maciel, irmão do homenageado Cabo Davi, disse que “tantos vereadores (e deputados) passaram pela Câmara todos esses anos em que a Guarda Mirim deixou de existir e não se preocuparam com uma entidade tão importante, que ajudou várias famílias na Educação dos filhos, livrando-os das coisas ruins, da criminalidade, das drogas”.

Indo mais além, Tenente Maciel, notadamente emocionado, diz “a minha família fica engrandecida diante desse revivenciamento da Guarda Mirim, muito mais ainda levando o nome do meu irmão, Cabo Davi que foi um baluarte, que merecia, que merece esse Reconhecimento”.

O cacerense Rosinei Neves está lotado na Polícia Civil há 16 anos; ex-Presidente do Sindicato Sub-Sede Regional de Cáceres – SIAGESPOC -; ex-Chefe de Divisão de Homicídio; ex-Chefe de Operação; apresenta larga experiência em gestão de pessoas, entre outras coisas, vê a Guarda Mirim enquanto valiosa ferramenta para oferecer Educação a muitos adolescentes que se encontram perdidos no mundo do crime.

“Tão logo os documentos exigidos estiverem prontos daremos início ao processo seletivo das inscrições dos futuros integrantes da Associação Guarda Mirim “Cabo Davi”, vaticina.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui